Zepbound: conheça o remédio que pode eliminar até 25% do peso corporal

O Zepbound, um medicamento da farmacêutica Eli Lily, vem chamando atenção no mercado das canetas emagrecedoras nos Estados Unidos. Prometendo diminuir de 15 a 25% do peso corporal, o remédio tem mostrado outros benefícios além do emagrecimento em pacientes obesos.

Um estudo publicado na revista Hypertension nessa segunda-feira (5/2), por exemplo, comprovou que o uso do remédio é eficaz não só para a perda de peso, mas também para o controle da hipertensão.

A pesquisa foi realizada acompanhando em tempo real a pressão arterial de 500 pessoas antes de começar e 36 semanas após iniciar o uso do medicamento. A pressão arterial sistólica dos usuários diminuiu entre sete e 10 pontos, se aproximando dos limites saudáveis, entre 10 e 14 pontos.

O que é o Zepbound?

Aprovado em novembro do ano passado nos EUA, o Zepbound usa a tirzepatida como princípio ativo. A substância é a mesma do Mounjaro, aprovado pela Anvisa para o tratamento de diabetes tipo 2 no Brasil desde setembro de 2023.

Porém, o novo medicamento têm mais que o dobro de tirzepatida — por isso, seu uso é direcionado especificamente para tratar obesidade em pessoas que tenham um índice de massa corporal (IMC, o peso dividido pelo dobro da altura) acima de 30.

A média de perda de peso após um ano e meio de uso do produto durante os testes clínicos foi de 18%. O remédio, porém, não faz milagre sozinho: seu uso deve ser acompanhado de atividades físicas e dieta para manter o déficit calórico.

Os remédios à base de tirzepatida atuam em duas frentes. Assim como o Ozempic, eles simulam os efeitos do GLP1, um hormônio que reduz a fome e aumenta a secreção de insulina do pâncreas, levando ao controle do açúcar no organismo. Além disso, a substância também imita o GIP, outro hormônio com efeitos semelhantes, o que potencializa os efeitos inibidores da vontade de comer.

A demanda por estes remédios no exterior é tão grande que até hoje não foram produzidas unidades suficientes para a exportação e venda no mercado brasileiro.

Contraindicações

O usuário de Zepbound não pode usar outros remédios da mesma categoria, como o Ozempic e o Wegovy. Quando foi testado em grandes quantidades em ratos, o remédio causou tumores de tireoide, por isso não deve ser usado por pessoas que tenham familiares com a condição. Ele também é contraindicado para pacientes com histórico de reação alérgica grave à tirzepatida.

Entre os efeitos colaterais do uso, são esperados náusea, diarreia, vômito, mudanças no funcionamento gastrointestinal e dor. Em menor escala, pacientes também enfrentaram arrotos crônicos, queda de cabelo e refluxo.

Siga a editoria de no Instagram e fique por dentro de tudo sobre o assunto!

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.