Unidades de saúde conquistam certificação inédita no sistema público

sustentabilidade
(Foto: Freepik)

O Hospital Municipal Vila Santa Catarina – Dr. Gilson de Cássia Marques de Carvalho – e a Assistência Médica Ambulatorial de Especialidades (AMAE) Pediátricas Campo Limpo, da Prefeitura de São Paulo, conquistaram a certificação ISO 14001. Inédito para as unidades do Sistema Único de Saúde no Brasil, o selo atesta o compromisso assumido com a proteção do meio ambiente por meio da gestão dos riscos ambientais associados à atividade desenvolvida. Ambas as unidades são gerenciadas pelo Einstein.

Leia também – Como evitar vazamento de dados hospitalares?

Em São Paulo, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) investe desde 2005 em ações voltadas aos cuidados com o meio ambiente, a partir de iniciativas do Programa Ambientes Verdes e Saudáveis (PAVS).

As Unidades Básicas de Saúde (UBS), da Prefeitura de São Paulo, gerenciadas pelo Einstein, implementam ações e projetos ligados ao PAVS, com a proposta de fortalecer políticas voltadas para a inclusão de questões ambientais no conjunto das ações de promoção de saúde e melhoria da qualidade de vida da população.

No que diz respeito ao Hospital Municipal Vila Santa Catarina e à AMAE Pediátricas Campo Limpo, a certificação reitera o olhar para questões ambientais, também fora das UBSs.

No que tange à administração do Einstein em unidades públicas, o marco do ISO 14001 nesses centros de saúde reitera o compromisso da organização com a sociedade para assegurar uma gestão mais sustentável e responsável com as questões ASG, sigla em português para Ambiental, Social e Governança. Hoje, em todas as unidades Einstein, públicas e privadas, existe um cronograma de auditoria e revisão de processos internos para melhoria contínua, a fim de alcançar e renovar certificações que impliquem em melhores práticas relacionadas ao meio ambiente.

“O propósito do Einstein é levar acesso à saúde de qualidade e isso também passa por uma agenda ASG, que visa trazer incrementos de gestão que reduzam impactos, além de inovações que repercutem direta e indiretamente na vida dos pacientes, seja na promoção à saúde ou cuidado com o meio ambiente, colocando as unidades em um patamar de excelência de processos e reforçando o compromisso do Einstein com a saúde das pessoas e do planeta”, explica Claudia Defendi, Coordenadora de Meio Ambiente e Sustentabilidade no Einstein.

No caso do ISO 14001, já são 16 unidades Einstein certificadas (Morumbi, Unidades Avançadas e Clínicas Einstein, além das unidades da Prefeitura de São Paulo, HMVSC e AMAE Pediátricas Campo Limpo). Neste ano, em junho, o Morumbi passará pela manutenção do terceiro ano da certificação, ciclo também inédito no Brasil.

*Informações Assessoria de Imprensa

Confira mais notícias de Negócios & Mercado no Saúde Debate

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.