Três membros de facções criminosas são executados em São José de Ribamar


Três membros de facções criminosas foram executados na cidade de , em menos de 12 horas. Os crimes ocorreram entre o início da noite de quinta (28) e a madrugada de sexta-feira (29).

O primeiro homicídio foi de João Carlos de Sousa, de 31 anos, que havia sido beneficiado com a saída temporária de Páscoa na última quarta-feira (7).
Com passagens por tráfico de drogas, roubo e porte de arma de fogo, ele foi morto na calçada de casa, no bairro Alto do Itapiracó.

Testemunhas relataram à polícia que dois homens, em uma motocicleta, chamaram por João Carlos, que não respondeu, mas acabou alvejado assim que abriu a porta.

Cinco horas depois, no bairro Nova Terra, Charlison Moura Silva, de 21 anos, foi o alvo assassinado. A vítima estava morando sozinha em um imóvel na Rua Signo de Áries, quando os suspeitos invadiram o local e o mataram.

O corpo foi encontrado em uma cama com pelo menos 16 perfurações de arma de fogo, conforme a polícia.

Familiares informaram à polícia que Charlison era membro do Bonde dos 40 e estava morando no local há um mês, após fugir de Santo Amaro, onde teria sido o autor de um homicídio em outubro do ano passado.

A última execução foi registrada por volta das 4h de sexta-feira, no Parque das Palmeiras. Denilson Costa Itelvina, de 26 anos, pertencia ao Bonde dos 40 e também teve sua casa invadida.

Conforme a esposa dele, os dois estavam sozinhos quando a dupla suspeita chegou e o agrediu com pauladas e facadas.

Todos os casos serão investigados pela Polícia Civil, por meio da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP). Até o momento, ninguém havia sido preso. Os crimes possuem relação com brigas entre organizações rivais.

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.