Suspeito de sequestrar motorista de aplicativo e tentar roubar barbearia é preso

Um homem foi preso em flagrante ao tentar assaltar uma barbearia localizada no bairro Santo Antônio, em . De acordo com a Polícia Militar, ele estava na companhia de dois comparsas, que também sequestraram e fizeram refém um motorista de aplicativo, com o objetivo de usar o veículo para a prática de outros crimes.

Quando a polícia chegou ao local, após ser acionada, encontraram o criminoso detido, e junto com ele, uma arma fogo de fogo usada no momento da ação criminosa. Segundo a polícia, o acusado foi reconhecido no estabelecimento por ter sido autor de um assalto anterior no mesmo local.

O proprietário da barbearia notou que o homem estava com uma arma de fogo na cintura e, por isso, travou uma luta corporal contra o suspeito e conseguiu desarmá-lo. Os outros, quando notaram que o companheiro estava sendo desarmado, fugiram do local a pé.

Na sequência dos fatos, um policial militar de folga, que estava próximo ao local, foi ajudar o proprietário a deter o criminoso e deu voz de prisão.

Outra vítima

A guarnição ainda foi informada que os criminosos fizeram uma outra vítima, um motorista de aplicativo que foi sequestrado e feito de refém. O motorista informou que atendeu o pedido de viagem por volta das 14h, em frente ao Supermercado Mateus, no bairro Anil. A corrida seguia para o sentindo bairro Vila Palmeira.

Quando chegaram próximo do destino, os criminosos anunciaram assalto, renderam o motorista, colocaram vendas nos olhos e prenderam seus pulsos com abraçadeiras plásticas. Em seguida, ele foi colocado no porta mala do próprio carro e os assaltantes assumiram a condução. A vítima ainda afirmou ouvir a conversa dos criminosos, que eram integrantes de uma facção criminosa e estavam atrás de alguns desafetos.

O homem preso foi conduzido e apresentado no plantão da Cidade Operária. Após os procedimentos básicos, ele foi levado a uma unidade prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A polícia informou que continuará com as investigações para identificar e prender os outros dois comparsas que conseguiram fugir.

Siga nossas redes, comente e compartilhe nossos conteúdos:

Envie sua denúnciavídeofoto ou sugestão:

Whatsapp da Redação: (98) 99144-5641

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.