Suspeito de matar empresário é preso após confessar o crime na Ilha

O suspeito de assassinar a tiros o empresário João Bosco Pereira Oliveira Sobrinho se entregou à Polícia Civil do nesta segunda-feira (29). Gilbson Cesar Soares Cutrim é acusado de matar o empresário no último dia 19 de agosto, na fachada de um edifício comercial no bairro Ponta D'areia, em São Luís.

Após prestar depoimento na Superintendência de Homicídios e Proteção a Pessoa (SHPP), Gilbson confessou ter cometido o crime. Ele disse à polícia que o ato foi motivado por conta de uma dívida que o empresário tinha com ele, conforme apontaram as primeiras informações sobre o caso.

O acusado estava foragido desde o dia do crime. Ele foi identificado no dia 20 de agosto, e sua imagem vinha sendo divulgada pela Polícia Civil.

O crime

João Bosco Pereira Oliveira Sobrinho, de 46 anos, foi assassinado em frente a um edifício localizado na Avenida dos Holandeses, na Ponta D'areia, bairro nobre de São Luís. João Bosco era empresário do ramo de gêneros alimentícios.

As informações prestadas pelo vereador Beto Castro, testemunha mais próxima no momento do crime, e imagens gravadas pelas câmeras de segurança do prédio foram fundamentais para chegar à identificação do suspeito.

O crime aconteceu após uma discussão entre Gilbson Cutrim, que cobrava uma dívida, e o empresário João Bosco. Gilbson sacou uma arma da mochila e efetuou três disparos de arma de fogo contra a vítima, sem chance de defesa.

Fonte: oimparcial.com.br

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.