Menu

Esportes

Superclássico será atração da semifinal do campeonato maranhense

Conhecidos os clubes classificados para a fase semifinal do Campeonato Maranhense, a expectativa maior, agora, fica por conta do Superclássico Sampaio Corrêa x Moto Club. Os dois velhos rivais vão se enfrentar em jogo único no próximo dia 26, uma quinta-feira.

A programação sofreu mudanças, devido à participação do Tricolor na Copa do Nordeste, que começa no próximo domingo, contra o Bahia, no Castelão.

O Sampaio Corrêa foi o primeiro colocado do Grupo A, com 9 pontos, 100% de aproveitamento técnico.

Já o Moto Club ficou com a segunda posição do Grupo B com 5 pontos. Apesar de terem melhor desempenho até o momento, de acordo com o regulamento, nenhuma das equipes classificadas levam vantagem de pontos sobre os adversários.

Por isso, em caso de empate no tempo normal, os jogos serão decididos por meio das cobranças de tiros livres direto da marca penal.

As campanhas

Na primeira fase o Sampaio Corrêa estreou com uma vitória apertada sobre o IAPE (1 a 0), mas no jogo seguinte passou fácil pelo Chapadinha por 2 a 0.

No jogo que garantiu a classificação, repetiu o mesmo placar diante do Pinheiro, no Estádio Costa Rodrigues, na Baixada Maranhense, gols do atacante Gabriel Silva e de Pedro Carrerette, zagueiro, na etapa final.

Foram três jogos, três vitórias, 5 gols marcados, nenhum sofrido, tendo a defesa menos vazada da competição. Nesta última partida, a equipe entrou em campo com um grupo alternativo, sem o atacante Pimentinha, que foi um dos atletas poupados pelo técnico Felipe Conceição.

Satisfeito com a campanha no Estadual, o treinador tricolor disse antes do retorno da delegação a São Luís:

“Importantíssima a classificação. Já são três jogos sem tomar gols e a equipe está crescendo a cada partida. O adversário, bem treinado, com bons jogadores, tivemos dificuldades no campo, também, mas soubemos jogar e garantir os pontos  e a classificação”, comentou Conceição.

O Moto, apesar de ter terminado a em segundo lugar, é um dos invictos. Jogou com o Cordino e empatou (sem gols) na estreia. Depois veio o São José, quando venceu por 1 a 0, e agora o empate com o MAC ( 1 a 1), no Nhozinho Santos. O Papão fez cinco pontos, 2 gols marcados e sofreu 1.

O gol do empate diante dos atleticanos, foi marcado por Enzo, no segundo tempo,  aos 10 minutos.

MAC e Iape fazem o outro mata-mata

(Foto: Reprodução)

Tendo a classificação garantida com um jogo de antecipação, o Maranhão Atlético Clube apenas administrou o resultado no clássico Maremoto da última quarta-feira à noite no Nhozinho Santos. 

O empate por 1 a 1 acabou agradando os dois lados.  Os atleticanos somaram 7 pontos e terminaram na primeira posição do Grupo B. O gol maqueano foi marcado pelo zagueiro Leone no primeiro tempo.

Apesar de satisfeito com a colocação na liderança do grupo B, o técnico Zé Augusto lamentou a perda de dois jogadores considerados importantes no seu esquema de jogo, para o confronto diante do IAPE. O atacante Rafael e o  volante Vander foram expulsos.

Este último foi excluído quando ainda se encontrava no banco dos reservas, sob acusação de ter hostilizado  a assistente Edna Cristina Santos Ferreira. Somente no treinamento desta sexta-feira o treinador vai decidir os substitutos.

Pablo, que entrou durante o jogo, é um dos preferidos para atuar no meio de campo, enquanto no ataque ainda há dúvidas que vão depender do esquema tático a ser adotado pelo treinador.

Campanhas

Nesta primeira fase, o MAC começou aplicando uma goleada histórica no São José ( 7 a 0). Depois, passou pelo Cordino por 1 a 0, em Barra do Corda, e fechou com o empate diante do Moto Clube (1 a 1).

Foram 7 pontos,  9 gols marcados, apenas 1 sofrido, melhor ataque da competição. Por isso, será mandante da partida marcada para o dia 22, domingo, às 16h, no Estádio Nhozinho Santos.

A surpresa da rodada foi a vitória do IAPE sobre o Chapadinha, por 2 a 1, em pleno Estádio Rafael Seabra, pela dificuldade que todos os adversários têm de jogar na cidade de Tuntum e enfrentar a torcida local.

Com apenas três pontos conquistados, o time comandado por Celinho Valentim garantiu a vaga pelo critério de desempate (saldo de gol), uma vez que Pinheiro e Chapadinha também tiveram número idêntico  na pontuação.  Foi a única vitória do Canário da Ilha nesta primeira fase.

Antes, havia perdido para o Sampaio Corrêa e Pinheiro pelo mesmo placar: 1 a 0. Os erros destes dois primeiros jogos foram suficientes para que a comissão técnica ficasse em estado de alerta e corrigisse  muita coisa. 

Por isso, a vitória foi muito comemorada. Hoje o grupo treina, mas o técnico Celinho só define quem vai começar contra o MAC uma hora antes da partida.

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários