Sotaque português e RG da Bahia: como foragido internacional foi preso

São Paulo — O sotaque indiscutível de um cidadão português portando um RG da Bahia levou a Polícia Civil a prender, na zona sul de São Paulo, um homem procurado pela Interpol por um homicídio praticado em Portugal, em 2022.


0

O português de 27 anos foi preso durante patrulhamento da Operação Impacto no Capão Redondo, periferia da capital. Segundo a polícia, a equipe desconfiou da atitude suspeita do homem ao avistar os agentes e decidiu abordá-lo.

O homem apresentou um RG da Bahia. No documento, a informação era de que ele tinha nascido naquele estado. O forte sotaque, contudo, fez os policiais perceberem que havia algo errado.

“Problema na

Em conversa com os policiais, o suspeito acabou apresentando seu passaporte verdadeiro, confirmando a origem portuguesa. Ele admitiu que tinha “um problema na Justiça” de seu país — sem especificar qual seria.

Na delegacia, a polícia descobriu que ele era procurado por homicídio e seu nome constava na lista vermelha da Interpol. A Polícia Civil da Bahia também confirmou que o RG apresentado era falso.

A polícia prendeu o português em flagrante por uso de documento falso. Durante interrogatório, ele permaneceu em silêncio.

Segundo a polícia, a Interpol do Brasil foi acionada para dar andamento às providências em relação ao mandado de prisão internacional.

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.