Servidores do Samu desmentem Prefeitura

Servidores do Samu desmentem Prefeitura

Os servidores do Serviço de Atendimento Móvel Urgente (Samu) desmentiram uma nota da prefeitura que afirmou que a categoria possuía 13 ambulâncias em atividade, com 10 de suporte básico e três de suporte avançado, além de também possuir três ambulâncias de reserva técnica.

Em conversa com o repórter Eduardo Gomes, para o Bom Dia desta sexta-feira (29), o presidente da Associação dos Servidores Municipais do Samu, Torquato Martins, afirmou que na realidade, o Samu possuí 10 ambulâncias rodando e não 13, conforme havia informado a prefeitura de São Luís anteriormente.

“Estão falando que possuí 13 ambulâncias rodando. A imagem por si mostra o quantitativo de ambulâncias do Samu. Veja, prefeito, se tem 13 ambulâncias rodando aqui e três de reserva técnica. Não existe, isso aí é engodo. Vou comprovar, prefeito, o Samu existe um relatório na operação de frota de quantitativo de ambulâncias rodando”, afirmou Torquato Martins ao Bom Dia Maranhão. Acompanhe a matéria a seguir:

A categoria iniciou a paralisação de advertência na última quinta-feira (28) e exige da prefeitura de São Luís aumento salarial de 30%, uma nova frota de ambulâncias. Além de também a mudança da nomenclatura dos condutores, uma vez que os motoristas das ambulâncias são de categoria D e estão sendo qualificados como motoristas de carro leve.

O presidente dos servidores também alega que a categoria não recebe material de limpeza adequado para a higienização das ambulâncias. Dessa forma, sendo feito somente com o uso de água, o que acaba expondo a equipe e os pacientes a se contaminarem.

Além disso, há 1 ano que os servidores exigem as melhores. Em caso do não indicativo do atendimento as exigências, a categoria entrará em greve, ainda de acordo com o presidente da Associação dos Servidores Municipais do Samu, Torquato Martins.

Tags:
samu, São Luís

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.