Sérgio Marone revela detalhes sobre sua ecossexualidade

Sérgio Marone polemizou em 2023 ao assumir sua ecossexualidade, ou seja, para o ator, prazer e intimidade estão relacionados ao envolvimento consciente com o meio ambiente. Ao jornal O Globo, o artista explicou o motivo de se identificar com o termo.

“Quando eu me deparei como esse termo na internet, eu me identifiquei na hora. O ecossexual nada mais é do que uma pessoa que sente prazer em coisas simples da vida. Abrir a janela e sentir uma brisa no rosto, nadar pelado no mar, andar descalço na grama, deitar, rolar na grama, andar numa areia da praia… São pessoas que têm prazer em se relacionar com a natureza, e eu sou essa pessoa. Fui perguntado sobre isso por um jornalista. A matéria reverberou, e o termo ficou entre os mais buscados do Google durante uma semana. Eu adorei, a gente conseguiu furar a bolha e conectar com a massa”, explicou o ator.

Sérgio ainda garante que fez uma “seleção natural” dos amigos após sua conscientização por assuntos que envolvem o meio ambiente.

“Eu não sou aquele cara que fica chamando atenção, mas, quando estou com amigos, faço alguns comentários, tipo: ‘Onde você bota o lixo?'. Se a pessoa não separa o lixo, já fica uma coisa ali no ar. Não sou de ditar regras, mas de dar dicas e deixar no ar. E claro que você acaba fazendo uma seleção natural. Tenho pouquíssimo interesse em me relacionar com pessoas que não tenham essa conscientização”, ressaltou o ator.

“Quando eu vejo uma pessoa alienada, desconectada da realidade, perco bastante o interesse de me relacionar com ela, tanto em termos de amizade quanto em uma relação amorosa”, completou.

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.