Saiba o que é uma empresa unicórnio no universo das startups

O mundo corporativo mudou muito nos últimos anos, principalmente em virtude dos ganhos tecnológicos alcançados, que possibilitaram a criação de grandes empresas disruptivas no Brasil e no mundo.

Confira o simulador que ajuda a escolher os melhores produtos para investir

Nesse cenário, o termo empresa unicórnio ganhou força e é utilizado como forma de representar aquelas companhias, geralmente do setor de tecnologia, com uma grande capitalização de mercado que apresentam crescimento exponencial.  

O que é uma empresa unicórnio?

Uma companhia é considerada uma empresa unicórnio quando apresenta um valor de mercado que ultrapasse US$1 bilhão e, além disso, devem ter como data de nasicmento, no mínimo 2003.

O principal objetivo das empresas consideradas unicórnio é crescer da forma mais exponencial possível, por meio de captação de recursos no mercado que possam impulsioná-la de forma vertiginosa.

Para se enquadrar como uma empresa unicórnio, além dos requisitos já citados, existem algumas características, que hoje já não são tão necessárias, mas que representam a maior parte dos unicórnios presentes no mundo.

Nesse sentido, unicórnios geralmente são empresas de tecnologia, uma vez que elas são as mais fáceis de escalar e entrar no mercado com inovações, isto é, explorar as fragilidades de alguns setores e desenvolver soluções para os problemas.

Soma-se a essas características, a busca por diversidade, já que essas empresas apresentam conceitos de trabalho diferentes dos modelos tradicionais e buscam sempre por pessoas com ideias novas e permitem a maior liberdade possível no processo criativo.

Qual o significado de startup?

O termo startup é uma palavra inglesa, porém que não possui um significado dentro da língua portuguesa, ou seja, não possui uma tradução.

Porém, mesmo sem um significado claro e uma tradução literal para a palavra startup, ela é um projeto de empresa ou de negócio criado por uma pessoa ou até mesmo um grupo de pessoas, que tem como objetivo criar uma solução para algo que já existe ou até mesmo para aquilo que não existe.

Dessa maneira, as principais características de uma startup é ser lucrativa, replicável e, o mais importante, escalável, uma vez que se tratam de negócios, geralmente de baixo custo, que geram lucros extraordinários.

Qual a origem do termo unicórnio?

Apesar das empresas precisarem de criação a partir de 2003 para entrar no rol de empresas unicórnios, o termo foi criado pela primeira vez no ano de 2013, em um artigo publicado no site TechCrunch.

O nome do artigo era “Bem-vindos ao clube dos unicórnios: aprendendo com as startups de 1 bilhão de dólares” e o seu principal foco era a divulgação de uma base de análise da saúde financeira de algumas empresas.

A figura do unicórnio está relacionada à dificuldade, uma vez que dentro da mitologia ele é entendido como uma referência de um feito enorme realizado por alguém e, chegar ao valor de mercado de US$1 bilhão não é uma tarefa simples, por isso a utilização do termo para representar as empresas que alcançam esse valor de mercado. 

Quais foram os primeiros unicórnios do mundo?

O artigo criado por Lee e publicado no TechCrunch, apresentava uma lista de cerca de 39 empresas que seriam consideradas unicórnios em 2013.

Nessa lista, grande parte estava atrelada ao setor de tecnologia, por isso quando o termo é utilizado logo vem em mente que a empresa que alcançou o valor de mercado de US$1 bilhão é do setor de tecnologia.

As primeiras empresas que se enquadraram como empresa unicórnio foram o Instagram, o Waze, Tumblr e o Youtube. Além deles, também estavam na lista de 2013 o Airbnb e, a Uber, talvez a empresa que mais impactou e trouxe mudanças para o mercado de transportes no mundo

O Instagram, que inicialmente foi criado apenas com foco em fotografias e filtros, foi vendido ao grupo Meta, de Mark Zuckerberg por US$1 bilhão e, isso aconteceu apenas 1 ano e meio após a sua criação.

Por isso, quando se fala em empresa unicórnio, logo vem em mente crescimentos exponenciais e grandes lucros.

Porém, também existem os casos de empresas que demoram um pouco mais para se tornarem unicórnios, como é o caso do Waze, que só foi classificado assim após 10 anos de sua existência e criação em Israel.

E, não podemos deixar de falar quando o assunto são unicórnios, do local onde mais nascem essa modalidade de empresa, os Estados Unidos.

O país concentra cerca de 51% das empresas unicórnio do mundo, tendo como grande referência para as demais o vale do silício, onde nasceram as principais companhias avaliadas em  US$1 bilhão

Quais são os unicórnios brasileiros?

Mesmo os Estados Unidos concentram grande parte das empresas e das startup unicórnio, o Brasil não fica para trás.

Antes de listar todas as empresas consideradas unicórnio no Brasil, não podemos deixar de falar da primeira empresa que foi classificada nessa modalidade de empresa: 99.

A 99, que iniciou apenas como uma empresa para bater de frente com a Uber em meados de 2012, tinha como foco as corridas de táxi, mas evoluiu com o passar dos anos e hoje é, até mesmo, uma plataforma financeira.

A empresa fundada por Paulo Veras, Ariel Lambrecht e Renato Freitas, foi adquirida pelo grupo chinês do empresário Didi Chuxing.

No Brasil, grande parte das empresas unicórnio são ligadas ao mundo das fintechs, isto é, empresas que usam a tecnologia dentro do mercado financeiro, como é o caso do C6 Bank, Creditas, Ebanx, Mercado Bitcoin e, a mais conhecida de todas e que hoje é um dos maiores bancos quando o assunto é base de clientes, o Nubank.

Confira o simulador que ajuda a escolher os melhores produtos para investir

Além dessas empresas ligadas ao setor financeiro, o país também apresenta companhias de outros segmentos, como é o caso do Quinto Andar, que é a maior empresa do setor imobiliário da América Latina onde é possível vender e locar imóveis.

Somam-se a ela, a WildLife Studios, empresa que cria jogos e hoje tem mais de 60 games em seu portfólio, a Unico, que é referência em soluções de biometria e reconhecimento facial e a Loggi, que tem como foco a entrega de encomendas de forma ágil e prática.

Por fim, uma das empresas que mais se destacam no cenário atual, por conta da grande procura pelo mundo fitness, é o Gympass. O aplicativo foi criado em 2012 e recebeu investimento do SoftBank.

Seu foco é possibilitar que empresas disponibilizem aos empregados formas de se exercitar, sejam pelas aulas dentro do aplicativo, seja pelas academias disponibilizadas em cada um dos pacotes.

Construir uma empresa que chegue ao nível de ser considerada uma empresa unicórnio não é uma tarefa fácil, mas se tornou cada vez mais recorrente nos últimos anos no Brasil e no mundo.

Lista de unicórnios brasileiros:

Confira as empresas brasileiras que conquistaram o posto de empresa unicórnio.

  • 99
  • C6 Bank
  • CloudWalk
  • Creditas
  • Dock Tech
  • Ebanx
  • Facily
  • Frete. com
  • Gympass
  • HotMart
  • Ifood
  • Loft
  • Loggi
  • MadeiraMadeira
  • Merama
  • Mercado Bitcoin
  • Neon
  • Nubank
  • Olist
  • Pismo
  • QuintoAndar
  • Unico
  • Vtex
  • Wildlife Studios

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.