Rio Mearim baixa nível e dá esperança a desabrigados de Pedreiras e Trizidela

Rio Mearim baixa nível e dá esperança a desabrigados de Pedreiras e Trizidela

Após quase duas semanas de cheia que deixou centenas de famílias desabrigadas ou desalojadas nos municípios de Trizidela do Vale e Pedreiras, o Rio Mearim começou a baixar o nível, dando esperanças à população das duas cidades, de volta à normalidade. Nesta quinta-feira (28), o nível do rio desceu 2cm e estar em 5m e 46cm.

A região que compreende os dois municípios historicamente sofre com inundações e cheia do Rio Mearim, de forma especial em março, quando na climatologia é o mês que mais chove.

Trizidela do Vale
A cidade foi um dos oito municípios maranhenses a decretarem situação de emergência por conta das fortes chuvas, na última sexta-feira (22).

De acordo com a Defesa Civil do município, atualmente 151 famílias estão desabrigadas e 98 desalojadas. Ao todo, 714 pessoas foram atingidas pela cheia do Rio Mearim na cidade.

Pedreiras
No município, a cheia do Rio Mearim deixou quase 200 famílias desabrigadas e 636 pessoas desabrigadas ou desalojadas. As famílias desabrigadas estão em abrigos municipais ou em casa de familiares e amigos.

De acordo com a Defesa Civil municipal, atualmente não há nenhuma casa inundada, mas o município continua em estado de alerta e ainda com a possibilidade de nova alta no nível do rio. “Por conta da possibilidade de uma nova evolução da cheia do rio, ainda estamos em alerta e mantendo as famílias fora das áreas de risco”, relatou Raí Brito, coordenador Municipal da Defesa Civil.

No fim da tarde desta quinta-feira (28), membros da Defesa Civil Estadual estiveram em Pedreiras vistoriando, junto com a Defesa Civil do município, alguns locais que estão abrigando famílias que tiveram suas residências comprometidas.

Equipes da Defesa Civil Estadual e Municipal vistoriaram abrigos em Pedreiras

Tags:
cheia, Rio Mearim

source

No tags for this post.

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.