Record demite jornalistas às vésperas do Carnaval para reduzir custos

A folia vai ser menos divertida para uma lista de funcionários da Record. A emissora de Edir Macedo demitiu alguns jornalistas das equipes de São Paulo e Minas Gerais, nos últimos dois dias, com objetivo de reduzir custos, de acordo com informações divulgadas pela Folha de S. Paulo. 

Os cortes visam ajudar na recuperação do prejuízo de R$ 500 milhões que o canal teve em 2022. Embora o balanço do último ano ainda não tenha sido divulgado, a expectativa não é otimista.  


0

A lista inclui o repórter Luiz Gustavo, que era considerado o principal nome da  equipe em Belo Horizonte e foi dispensado após passar 14 anos da carreira na Record. O homem, que também é advogado, atuava principalmente no Jornal da Record e teria sido dispensado por causa do alto salário. 

Outro nome de destaque entre os cortes foi Priscilla Doroche, que era repórter do Balanço Geral SP. Em 2024, ela completaria 12 anos na emissora de Edir Macedo, com passagem pela Record News. 

Record faz cortes pré-Revéillon e repórter Arnaldo Duran é demitido

O ano chegou ao fim e a Record TV promoveu algumas mudanças para janeiro de 2024. Uma delas foi a demissão do jornalista Arnaldo Duran, que estava na emissora desde 2006. Segundo o F5, ele foi desligado em razão de seu alto salário.

Ao veículo, Duran confirmou a informação e disse ter ficado surpreso. “Ainda estou em choque. Meus chefes disseram que foi uma decisão administrativa para contenção de despesas, sobre a qual não tiveram ingerência”, afirmou.

Foto colorida de Arnaldo Duran - Metrópoles
Arnaldo Duran

A demissão o ex-repórter do Domingo Espetacular faz parte de um novo pacote de cortes que a Record prepara para o próximo ano.

O desligamento de Duran causou ainda mais repercussão porque o jornalista tem uma doença rara e sem cura, o que sempre é considerado em cortes do tipo. Ele foi diagnosticado com a síndrome de Machado-Joseph, uma doença degenerativa do sistema nervoso, em 2016.

Filho de Wagner Montes é demitido da Record após 4 anos na emissora

Wagner Montes Filho foi demitido da Record em janeiro após quatro anos na emissora. Filho de Wagner Montes, ele era apresentador do RJ no Ar, jornal matinal da emissora.

Waguinho, como era conhecido nos bastidores, conseguiua bons índices de audiência entre 6h40 e 8h40 no Rio de Janeiro, mas a emissora está trabalhando com a contenção de salários em 2024 por conta de prejuízos financeiros e decidiu encerrar o contrato do apresentador.

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.