Rapper Oruam se envolve em conflito com militares de shopping em Portugal

Oruam questionou os membros da Guarda Nacional Republicana pelo tratamento sofrido.

Nesta semana, ao lado de outros nomes da gravadora Mainstreet, Oruam chegou em Portugal para a realização de alguns shows pela Europa e África. Na última sexta-feira (29), o rapper esteve envolvido numa confusão com militares.

“Fui comprar aqui no shopping de Portugal, os policiais falaram que nós tínhamos que acompanhar ele… Parei o shopping, brabão que vai oprimir nós”, escreveu o artista carioca em seus stories do Instagram.

Nos vídeos publicados, ele aparece questionando o motivo que ter que acompanhar os membros da Guarda Nacional Republicana. “E se nós não quisermos ir? Nós somos obrigados? O que nós fizemos? Nós não vamos parar lugar nenhum”, afirmou o autor de hits como “Para de Mentir“.

Fotos: Reprodução/Instagram

Vocal de apoio de Oruam, Didi 22 também fez publicações registrando a situação em seus stories. “Quer abordar nós a troco de nada, agora tu vê… Só porque saímos do shopping cheios de bolsas [risos]. Tem que aceitar que a favela venceu, porra!”, relatou.

Outra repercussão envolvendo o nome do filho do traficante Marcinho VP nesta semana foi devido a utilização de uma camisa pedindo a liberdade de seu pai, preso desde 1996, em seu show no Lollapalooza ao lado de Tz da Coronel.

“Meu pai errou, mas está pagando pelos seus erros e com sobra. Só queria que pudesse cumprir uma pena digna e saísse de cabeça erguida. Que quando chegue sua hora, você possa ter sua liberdade!”, contou o rapper num posicionamento.


source

No tags for this post.

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.