Rapper Baco Exu do Blues assina com a Sony Music e leva seu selo 999 para a gravadora

Baco Exu do Blues deu mais um grande passo em sua carreira ao lado do selo 999.

Conforme anunciado na última segunda-feira (25), Baco Exu do Blues é o mais novo integrante do casting da Sony Music Brasil. Além de assinar com a gravadora, ele também levou o seu selo musical 999, que busca investir na representatividade de artistas negros.

“Estou trazendo não só o meu sonho, mas a minha vida, e estou deixando na mão de cada um de vocês. É uma confiança muito grande, porque amo muito o meu trabalho, amo muito o meu sonho”, relatou o rapper em visita ao escritório da Sony para a assinatura do contrato.

Na sequência, o artista baiano refletiu o carinho que vem recebendo. “E ver o carinho que vocês estão tendo ao me receber… Vejo muita sinceridade em vocês, no que vocês estão fazendo. Estou muito ansioso, de verdade, acho que tem tudo pra dar certo”, contou.

“Espero que tudo corra da melhor forma possível e que todo se sinta abraçado, como estou me sentindo. Que o trabalho só cresça e que a gente divida muitos momentos“, completou Baco, que, com 28 anos de idade, vem escrevendo seu nome na música de forma convicta.

Rapper brasileiro com mais premiações na história, ele tem, entre sua lista de prêmios internacionais, o Berlim Film Awards, o UK Music Video e o Cannes Lions, desbancando seus grandes ídolos Beyoncé e Jay-Z.

Com seus três discos, “Esú”, de 2017; “Bluesman”, de 2018; e “Quantas vezes você já foi amado?”, de 2022); Baco Exu do Blues conquistou prestígio e fama, tornando-se a forma mais futurista e impactante do clamor do jovem preto por direitos igualitários.

“A vinda do Baco para a Sony vem sendo construída em um trabalho de mais de dois anos. A Sony está assinando com um artista que, além de ser espetacular, sabe exatamente o que quer, como quer e quando quer”, celebra Paulo Junqueiro, presidente da Sony Music Brasil.

“E assim será feito. Nós, agora, vamos ter a oportunidade, a honra e o privilégio de poder participar da construção do seu trabalho. Bem-vindo, Baco”, acrescenta Paulo.

A 999, que também faz parte do acordo com a Sony, é uma impulsionadora de sonhos de arte negra. Uma comunhão de artistas soteropolitanos negros para criar e lançar músicas e projetos.

O selo foi criado por Baco e Leonardo Duque com o propósito de garimpar e dar visibilidade a artistas que, apesar de grande talento, não eram colocados sob os holofotes. No casting, estão Celo Dut, Dactes, Young Piva e Suiky, além dos produtores JLZ e Marcelo Delamare.


source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.