Menu

Notícias

Projeto de Lei que estipula diretrizes para reduzir casos de violência doméstica é aprovado no MA

Em sessão plenária realizada nesta terça-feira (23), a Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema) aprovou, em segundo turno, o Projeto de Lei n° 591/2019, que estabelece diretrizes para criar no Maranhão, a política pública “reeducando o agressor”.

A iniciativa tem como objetivo a redução e a prevenção da reincidência de casos de violência doméstica e familiar. A matéria será encaminhada à sanção governamental.

De acordo com o projeto, os princípios norteadores dessa política pública são igualdade e respeito à diversidade de gênero, respeito aos direitos e garantias individuais, fortalecimento da cidadania e responsabilização legal.

Veja mais: 

Diretrizes

Entre as diretrizes está a instituição de serviços de responsabilização e educação do agressor por meio de grupos reflexivos, coordenados por equipes multidisciplinares que já existam ou possam ser criados.

Além disso, as equipes multidisciplinares deverão priorizar temas como as implicâncias da Lei Maria da Penha, violência contra a mulher e as diversas causas associadas à ela; saúde relacionada a questões de alcoolismo, drogas, doenças sexualmente transmissíveis e transtornos mentais; relações familiares e aspectos emocionais das relações a dois; valores essenciais da convivência civil e violência doméstica contra crianças e adolescentes.

Deverão ser desenvolvidas, ainda, atividades educativas e pedagógicas, buscando a conscientização dos agressores quanto à violência cometida como violação dos direitos humanos das mulheres, bem como deverão ser fornecidas informações permanentes sobre o acompanhamento dos agressores ao juízo competente por meio de relatórios e documentos técnicos pertinentes.

Por fim, deverá ser realizado o encaminhamento dos agressores para atendimento psicológico e serviços de saúde mental, quando necessário.

Fonte: oimparcial.com.br

Saiba mais

Comentários