Procurado pela Interpol, assassino da jukebox volta para o Brasil

A Polícia Federal (PF) extraditou, na manhã desta sexta-feira (9/2), um brasileiro de 37 anos condenado por homicídio. Ele havia sido preso em Portugal em 2023.

O crime ocorreu em 8 de julho de 2012, em um bar de Ipatinga (MG), cidade natal do acusado – que não teve o nome divulgado. Na data, ele deu facadas nas costas da vítima supostamente por causa de uma máquina de tocar música.

O preso foi levado para o  Complexo Penitenciário Nelson Hungria, onde permanecerá à disposição da de Minas Gerais.

As equipes da PF cumpriram a ordem judicial e desembarcaram com o preso no Aeroporto Internacional de Confins (MG). Após a tramitação do processo de extradição para o Brasil, formalizado pela Justiça Federal em Ipatinga, as autoridades portuguesas autorizaram a medida.

O foragido havia sido condenado no Brasil pelo Tribunal do Júri e sentenciado a 14 anos de reclusão por homicídio. A prisão do brasileiro foi possível depois de o Núcleo de Cooperação Internacional da PF publicar o alerta internacional que inseriu o nome do criminoso na lista de procurados da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol).

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.