Preso terceiro suspeito da morte de professor era adolescente na época do crime

 Na última segunda-feira (26), mais um suspeito de executar o professor Pedro Lopes Oliveira Filho no município de Pio XII, foi preso. A prisão do suspeito identificado como Marcos Vinícius Silva Nascimento, de 18 anos, ocorreu em Olho d'Água das Cunhãs. 

Na época do crime, ele ainda era adolescente e, por causa disso, deve ter pena máxima de três anos de internação. Segundo informações policiais, ele é quem aparece no vídeo correndo em direção à vítima e efetua mais disparos. 

Pedrinho como era conhecido o professor, foi assassinado a tiros na noite de 23 de outubro do ano passado, quando comemorava seu aniversário de 37 anos. Dezenas de convidados participavam da festa em um clube da cidade.

Por volta das 21h40, as pessoas reunidas com o aniversariante faziam discursos, quando dois homens chegaram efetuando vários disparos de arma de fogo na direção do professor.

Imagens de câmera de segurança mostram a correria enquanto a dupla efetuava os tiros. Não há informação de outras vítimas.

A polícia ainda quer saber se os três planejaram juntos o crime ou se existe um mandante por trás. A conclusão da investigação policial, até agora, é que dívidas por drogas motivaram a execução do professor.

Anteriormente, foi preso outro suspeito deste crime, identificado como Thiago Fernandes Costa, de 23 anos, conhecido como “Thiago Doidão”. Ele foi capturado durante a Operação Paz, realizada pela Polícia Civil do , na cidade de Santa Inês. 

O primeiro suspeito de envolvimento na morte do professor Pedrinho foi preso no dia 30 de outubro de 2023. Alex Silva, de 18 anos, foi capturado no Centro de Lago Verde, durante cumprimento a um mandado de prisão preventiva. Em depoimento, ele confessou ter participado do homicídio. 

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.