Menu

Notícias

Polícia prende acusado de matar brutalmente homossexual no interior do Maranhão

A vítima foi encontrada morta dentro da própria casa, localizada na Vila Brandão, em Colinas.

“Índio” foi preso por ser o principal suspeito de ter assassinado “Tiana” (Foto: Divulgação)

Policiais civis prenderam o homem acusado do assassinato brutal de Sebastião Pereira de Souza, conhecido como “Tiana” ou “Sebastiana”. O crime ocorreu no último dia 8 de janeiro, na cidade de Colinas – distante 442 km de São Luís. A vítima foi encontrada morta dentro da própria casa, localizada na Vila Brandão.

O preso, que foi identificado apenas como “Índio” e já possui passagens pela polícia, foi capturado em sua residência, nessa quinta-feira (19).

Conforme a Polícia Civil, após serem ouvidas testemunhas e as investigações apontarem para a participação de “Índio”, foi representada pela prisão preventiva dele. A polícia não informou sobre o que motivou a ação criminosa.

Depois de prestar depoimento, o homem foi encaminhado ao presídio, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

RELEMBRE O CRIME

Sebastião Pereira de Souza, conhecido como “Tiana” ou “Sebastiana”, foi assassinada a pauladas e encontrada dentro da própria casa, na Vila Brandão, na cidade de Colinas, no dia 8 de janeiro deste ano. O rosto dela estava completamente desfigurado.

A vítima era vendedora de sabão e muito querida por todos no município. Por meio de nota, a Prefeita de Colinas, Valmira Miranda, lamentou e pediu punição para os responsáveis pelo crime que revoltou toda a população.

Na época, a polícia suspeitava que “Tiana” tinha sido vítima de latrocínio (roubo que resulta em morte).


source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários