Polícia Federal investiga grupo suspeito de causar prejuízo de quase R$ 500 mil ao INSS

Polícia Federal cumpriu mandados em Goiás e no por fraudes em benefícios do INSS (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

A Polícia Federal deflagrou nessa quinta-feira, 28, a Operação 171 LOAS MA X GO e cumpriu mandados em casas de luxo, no Maranhão e em Goiás. A investigação identificou o desvio de quase R$ 500 mil em benefícios de prestação continuada para idosos.

Segundo a PF, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão em Hidrolândia (GO), Santa Inês e Bacabal (MA). Os nomes dos investigados não foram divulgados.

De acordo com a polícia, a investigação começou após um flagrante que aconteceu próximo às dependências de uma agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em Goiânia, no ano de 2019. Na época, uma das pessoas envolvidas na fraude tentou reativar um benefício suspenso usando um documento que seria falso.

Polícia Federal cumpriu mandados em casas de alto padrão (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

A investigação apontou ainda que o suspeitos saiam do estado Maranhão para Goiás para receber os benefícios. De acordo com a PF, dentro dos imóveis foram encontrados vários documentos e cartões que eram usados para sacar os benefícios fraudados, além de uma arma de fogo.

Ainda segundo a PF, durante as investigações foram identificados ao todo seis benefícios falsos, que causaram um prejuízo no valor aproximado de R$ 470 mil aos cofres públicos. A corporação explica que cinco deles já foram encerrados e o último foi comunicado para que seja feita a revisão administrativa.

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.