PF prende em São Luís suspeito de produzir material pornográfico envolvendo crianças e adolescentes

Operação Combate Abuso Sexual Infantojuvenil em São Luís (Foto: Divulgação)

A Polícia Federal no , por meio da Delegacia de Repressão a Crimes Cibernéticos, deflagrou, na manhã desta quarta-feira, 28 na cidade de São Luís, a Operação Absconditus, e deu cumprimento a um mandado de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva, expedidos em face de um investigado que produziu, armazenou e compartilhou imagens/vídeos de abuso sexual infantojuvenil. As medidas cautelares foram deferidas judicialmente e visam a coleta de elementos de prova da autoria e materialidade delitiva.

O homem é investigado pela prática dos crimes de produção, compartilhamento e armazenamento de cenas de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança/adolescente. Os crimes estão tipificados nos artigos 240, 241-A e 241-B todos da Lei 8.069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente), e as penas somadas podem chegar a 18 anos de reclusão.

A investigação apontou também a presença de uma vítima cujas imagens/vídeos foram produzidos pelo investigado quando ela possuía 17 anos de idade.

A PF apreendeu o aparelho celular do investigado, que será submetido a posterior exame pericial. As investigações prosseguirão com o escopo de coletar mais elementos probatórios relacionados aos crimes citados, apontar eventuais condutas criminosas correlacionadas bem como individualizar outras possíveis vítimas dos delitos.

O nome da operação faz referência ao termo “escondido” em latim, em alusão à atuação de indivíduos envolvidos em crimes dessa natureza, os quais agem de maneira sorrateira e escondida da sociedade.

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.