Operação Pré-Carnaval cumpre mandados contra traficantes na Grande São Luís

Operação Pré-Carnaval cumpriu mandados na Grande São Luís (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil do deflagrou, por meio da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), na madrugada desta quarta-feira (7), a Operação Pré-Carnaval, na cidade de São Luís e Região Metropolitana. Durante a ação, sete pessoas foram presas por envolvimento com o tráfico de drogas.

Além das prisões, os policiais civis encontraram, durante execução dos mandados de busca nos endereços alvos, porções de drogas prontas para comercialização, entre maconha, skunk e crack. Celulares e automóveis dos investigados também foram apreendidos.

“A operação se iniciou com 27 mandados a serem cumpridos, 15 de prisão e 12 de busca e apreensão. Até o momento, prendemos sete indivíduos, sendo três autuações em flagrante. Essa operação acontece às vésperas do carnaval porque nosso intuito é apreender drogas e prender esses traficantes, evitando a circulação deles durante as festas”, destacou o delegado Éderson Martins, superintendente da Senarc.

A operação foi motivada após investigações iniciadas com a prisão em flagrante de um traficante em 2023. Com ele, na ocasião, a polícia apreendeu cerca de 2 kg de entorpecentes e, ao obter acesso ao celular dele, conseguiu levantar várias informações que levaram a outros indivíduos envolvidos com o tráfico de drogas, sendo estes os principais alvos da operação.

“A prisão do indivíduo em questão ocorreu na Vila Brasil, aqui mesmo em São Luís. Dessa prisão nós conseguimos fazer a extração do celular dele e identificamos diversos traficantes que mantinham contato com ele e são envolvidos com a venda e compra de entorpecentes. Há suspeita de que alguns deles atuem de forma conjunta”, destacou o titular da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico da Área Sul (Denarc Sul), Pedro Soares, que coordena a operação.

A suspeita de atuação conjunta entre os indivíduos ganhou sustentação com duas prisões específicas: de mãe e filho. A mulher foi presa em flagrante durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão na residência dela, no bairro Ilhinha, onde foram encontradas drogas. Já o indivíduo foi preso em seguida, no bairro São Francisco. Contra ele havia mandado de prisão já expedido pela Justiça.

“Mãe e filho são, possivelmente, da mesma facção criminosa responsável pela distribuição de drogas na região da Ilhinha e do São Francisco”, comentou o delegado da Senarc que conduziu a prisão dos dois indivíduos, Fernando Guedes.

Os dois suspeitos, assim como os outros cinco presos durante a operação, foram encaminhados à sede da Senarc, para serem submetidos aos procedimentos de praxe. Em seguida, eles serão encaminhadas ao Sistema Penitenciário, onde ficarão à disposição da Justiça.

O Sistema de Segurança Pública, por meio da Polícia Civil do Maranhão, informu que seguirá em busca dos foragidos com o objetivo de dar cumprimento aos mandados de prisões expedidos, de forma a desarticular associações criminosas e a enfraquecer o tráfico de drogas em São Luís e Região Metropolitana.

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.