Ninho do Urubu: autora comenta silêncio do Flamengo sobre tragédia

Daniela Arbex já é nome conhecido no meio da literatura e entre as pessoas apaixonadas por livros que retratam tragédias reais que assolaram o Brasil. Após sucesso de vendas em obras sobre a Boate Kiss e a tragédia em Brumadinho, a jornalista volta aos holofotes com Longe do Ninho, obra lançada pela Intrínseca sobre o incêndio que matou 10 atletas de base no Ninho do Urubu, centro de treinamento do Flamengo, em fevereiro de 2019.

Na obra, Daniela rememora a morte de Athila Paixão, de 14 anos; Arthur Vinícius de Barros Silva Freitas, 14; Bernardo Pisetta, 14; Christian Esmério, 15; Gedson Santos, 14; Jorge Eduardo Santos, 15; Pablo Henrique da Silva Matos, 14; Rykelmo de Souza Vianna, 16; Samuel Thomas Rosa, 15; e Vitor Isaías, 15.

Veja a entrevista completa:

Com laudos técnicos, trocas de mensagens e e-mails, dados e relatos até então não divulgados, além de entrevistas feitas com todas as famílias dos 10 jovens, sobreviventes, profissionais da perícia criminal e do Instituto Médico Legal (IML), Arbex apresenta o terror vivido pelos sonhadores do Ninho e seus familiares.

Em conversa com o Metrópoles, Daniela Arbex contou que a mãe de Bernardo entrou em contato com ela após uma entrevista em rede nacional do livro Arrastados. Em certo momento da conversa, enviou uma foto do goleiro de base do Flamengo ainda mais novo, segurando uma bola de futebol.

“Nunca tinha passado pela minha cabeça fazer um livro sobre essa temática, mas um dia ela me mandou uma foto do Bernardo dormindo com a bola, e esse livro nasce para mim no momento que vi essa foto”, relatou.

Quanto ao silêncio do Flamengo, que recusou falar com a jornalista para a produção do livro, Daniela apontou:

“Se uma história não é contada, é como se ela não tivesse existido. O silenciamento de uma história como essa só interessa aos autores, não interessa as vítimas. Esse livro é uma declaração de amor de pais e mães aos seus filhos, mas é também uma recusa veemente ao esquecimento”.

Associação criada pela dor

A jornalista ainda revelou que conseguiu reunir pelo sofrimento familiares de famílias das tragédias em Brumadinho, Boate Kiss e do Ninho do Urubu, que hoje discutem sobre a possibilidade de uma associação para tratar de grandes tragédias no país.

“Só eles sabem o que o outro está sentindo, e quando eles encontram alguém que sente a mesma dor, a identificação é imediata. Uma discussão que está nascendo disso tudo é que todas essas famílias estão discutindo a criação de uma associação única para tratar dessas grandes tragédias do Brasil, para que elas tenham força juridicamente exigir Justiça”, conta Arbex.

Próximos planos

Longe do Ninho, lançado no Brasil pela editora Intrínseca, chegou às livrarias em 3 de fevereiro. De acordo com a coluna Play, do jornal O Globo, já existem negociações avançadas para que a obra vire uma série de ficção, assim como foi Todo Dia a Mesma Noite, da Netflix.

A jornalista adiantou ao Metrópoles que já trabalha em um novo livro “necessário e importante”, que deve ser lançado em 2026.

Capa do livro Longe do Ninho, de Daniela Arbex - Metrópoles
Daniela Arbex lança o livro Longe do Ninho, sobre a tragédia no Ninho do Urubu, em fevereiro de 2019. A obra é da editora Intrínseca e conta com 304 páginas. Na Amazon, a obra é vendida por R$ 69,90.

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.