Netflix começa a taxar compartilhamento de senhas no Brasil

A partir dessa terça-feira (23), o compartilhamento de senhas da Netflix começa a ser pago no Brasil. A medida também foi adotada nos Estados Unidos e prevê que uma assinatura pode ser compartilhada apenas entre pessoas que moram na mesma residência.

A Netflix afirmou, em um email enviado aos usuários e publicado em seu site, que a medida se estende às pessoas que compartilham senhas e perfis com pessoas que moram em outras residências. Segundo a plataforma, “a conta Netflix deve ser usada por uma única residência”.

A empresa já havia anunciado que tomaria essa medida. Apesar de estar marcada para o segundo trimestre de 2023, o limite era até o 30 de junho. De acordo com a empresa, quem quiser manter pessoas de outras residências conectadas na mesma conta, terá de pagar um extra de R$ 12,90 por mês por novo assinante.

A Netflix ainda recomenda que os usuários revisem os aparelhos conectados e, se quiserem que um terceiro ainda tenha acesso ao seu perfil, é possível transferi-lo para outra assinatura, paga pela outra pessoa.

A ação vem porque a Netflix estimou que cerca de 100 milhões de casas compartilham senhas com terceiros. Forçando a cobrança, a esperança é gerar novas assinaturas ou uma receita maior com contas adicionais.

Siga nossas redes, comente e compartilhe nossos conteúdos:

Envie sua denúnciavídeofoto ou sugestão:

Whatsapp da Redação: (98) 99144-5641


source

No tags for this post.

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.