Na Feicon, pequenos negócios da construção civil buscam melhorar a competitividade e sustentabilidade

O Sebrae estará na maior feira da construção civil e arquitetura da América Latina, a Feicon. De 2 a 5 de abril, em São Paulo, as unidades estaduais participarão com delegações de pequenos negócios, que vão conhecer as novidades do mercado, trocar experiências e se capacitar sobre as melhores práticas para implementar em suas empresas. Estima-se que o setor concentre cerca de 1,1 milhão de negócios e gere mais de 700 mil empregos diretos em todo o país. Para 2024, segundo levantamento do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP) e do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV-IBRE), a estimativa de crescimento do setor é de 2,9%.

Com o objetivo de fomentar ainda mais o mercado, será realizada, durante a programação da Feicon, a 98ª edição do Encontro Nacional da Indústria da Construção Civil (ENIC). O evento reúne engenheiros, arquitetos, economistas, representantes do poder público e da iniciativa privada para debater o cenário da indústria do setor, os rumos econômicos e apresentar projetos, contribuindo para trazer uma visão completa dos diversos campos de atuação.

Por isso, na quinta-feira (4), às 14h, o Sebrae estará responsável por incentivar a utilização do BIM (Building Information Modelling – que em português significa Modelagem da Informação da Construção). A estratégia proporciona redução de erros de compatibilidade, otimização dos prazos, maior confiabilidade dos projetos, processos mais precisos de planejamento e controle de obras, aumento de produtividade, diminuição de custos e riscos e economia dos recursos utilizados nas obras.

“Nosso intuito é explicar quais são as novas tecnologias e metodologias, os novos processos e a nova da construção civil no país, além de mostrar que o Sebrae é um dos players principais que apoia o Brasil e os pequenos negócios nesse projeto de país”, destaca o analista de Competitividade do Sebrae Fábio Rabello, que vai conduzir uma palestra no evento. “Queremos sensibilizar os empresários sobre a importância de adotar o BIM nos projetos para que consigam fazer mais com menos, levando sustentabilidade, inclusão e inovação para essa cadeia tão importante para o Brasil”, completa.

Fábio ressalta que um conjunto de fatores – como a queda nos juros e ampliação dos financiamentos, além das medidas econômicas implementadas pelo Governo Federal, como o Minha Casa Minha Vida, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), dentre outros – impulsionará o crescimento dos pequenos negócios para os próximos anos.

Apoio

Uma maneira de as micro e pequenas empresas industriais do setor da Construção Civil ampliarem a sua produtividade e competitividade é a nova plataforma do Programa Brasil Mais Produtivo, da qual o Sebrae é um dos parceiros. A expectativa é engajar até 200 mil empresas – de diversas áreas – e atender direta e presencialmente mais de 93 mil até 2027, em uma jornada de produtividade e transformação digital.

Acesse e participe gratuitamente: https://www.plataformaprodutividade.com.br/.

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.