Na disputa com Meli pelo domínio do comércio eletrônico, Shopee abre 11° centro logístico no Brasil

A varejista online Shopee anunciou nesta semana a abertura do 11º centro de distribuição em dois anos no Brasil, o segundo inaugurado em 2024. Em 12 meses, a plataforma mais que dobrou sua malha logística no país em uma aposta no mercado no qual reúne 3 milhões de vendedores.

Localizado na região metropolitana de Porto Alegre, o novo galpão vai atender mais de 600 cidades do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. A expectativa é aumentar em 60% a capacidade de entrega nos estados da região Sul

“Com essa abertura reforçamos o nosso compromisso em oferecer uma experiência cada vez melhor aos usuários. A expansão logística é uma das prioridades da Shopee para 2024”, diz Rafael Flores, diretor de expansão e malha logística na Shopee.

O investimento da Shopee no Brasil faz parte da corrida das varejistas online no mercado brasileiro. Nesta semana, o Mercado Livre anunciou que vai investir R$ 23 bilhões na operação brasileira. Serviços financeiros, tecnologia e logística serão destino principal do aporte no país.

A Shopee não divulga o valor investido na multiplicação de centros de distribuição e hubs que fazem parte da cadeia logística da plataforma.

“Queremos contribuir com o crescimento do ecossistema de e-commerce no Brasil, trazendo cada vez mais negócios para o . Também acreditamos que, à medida que o comércio eletrônico cresce, há espaço para todos crescerem juntos”, diz Flores.

Inscreva a sua empresa no maior anuário de empreendedorismo do país, o Ranking EXAME Negócios em Expansão 2024

A expansão logística

A expansão logística da Shopee acelerou no ano passado. Em 2023, foram inaugurados dois centros de distribuição no Nordeste, na Bahia e em Pernambuco, e dois em São Paulo, em Guarulhos e Cravinhos.

“Neste ano já abrimos um centro de distribuição em Goiás e, agora, esse novo centro no Rio Grande do Sul. No período de um ano, abrimos 6 centros de distribuição no país. A Shopee quer ampliar a malha logística por todo país, adentrando novos estados e regiões”, diz o diretor.

Até o momento, os estados da região sul eram abastecidos pelo centro de distribuição de Curitiba, no Paraná. A região conta também com 19 hubs, responsáveis pela coleta e entrega de produtos.

“Desde o início de nossa operação no Brasil, foi necessário criar estratégias específicas com a colaboração de parceiros locais, ajustes na comunicação e oferta de serviços logísticos eficientes. A abertura no Rio Grande do Sul acontece no momento certo para melhor atender essa região”, diz.

O centro de distribuição opera no modelo cross-docking, em que as mercadorias coletadas por meio de parceiros logísticos são reorganizadas e encaminhadas aos mais de 100 hubs logísticos de coleta e entrega da plataforma.

A Shopee não confirma se abrirá novos centros de distribuição em 2024, mas diz que quer melhorar cada vez mais as operações, com otimização de entrega para os consumidores e também de coleta ágil para os vendedores. Resta saber em qual colocação a plataforma vai ficar na corrida das varejistas online em 2024.

Quer dicas para decolar o seu negócio? Receba informações exclusivas de empreendedorismo diretamente no seu WhatsApp. Participe já do canal Exame Empreenda

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.