Menu

Entretenimento

Morre mulher yanomami que sofria de desnutrição grave

Associação pede que a imagem deixe de ser compartilhada por questões culturais.

Lula visita o povo Yanomami – Foto: Reprodução/Ricardo Stuckert/Secom
Lula visita o povo Yanomami – Foto: Reprodução/Ricardo Stuckert/Secom

A Urihi Associação Yanomami divulgou, neste domingo (22), uma nota para relatar o falecimento da indígena que teve sua foto divulgada para mostrar a situação que seu povo vem enfrentando. Por questões da local, a organização pediu que se evite o compartilhamento da imagem. O registro mostra uma idosa em grave estado de desnutrição.

“Na cultura Yanomami, após o falecimento, não pronunciamos o nome da pessoa, queimamos todos os seus pertences, e não permitimos que fotografias permaneçam sendo divulgadas”, comenta a associação.

O governo federal resolveu declarar estado de emergência na terra yanomami de Roraima. O presidente Lula (PT) visitou o estado ao lado de ministros de sua gestão. Além da necessidade de alimentos, uma crise sanitária assola os indígenas.

Sobre o povo yanomami

Por conta da precarização das condições de vida e a ocorrência de garimpo ilegal, a população enfrenta uma grande crise sanitária. A exploração do garimpo ilegal traz a incidência de doenças infecciosas.

Na última quarta-feira (18), o Ministério da Saúde enviou uma equipe para o estado de Roraima para fazer um diagnóstico da situação. Em nota, a pasta informou que a expectativa é que, após o levantamento, sejam definidas “ações imediatas para superar a crise sanitária” pela qual passa a população local.

Carlos Germano

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários