Moraes diz que Temer foi presidente com melhor diálogo com Poderes

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes fez uma série de elogios ao ex-presidente da República Michel Temer (MDB), nesta quarta-feira (3/4), na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF). Para Moraes, o Brasil nunca teve um presidente com mais “qualidade de diálogo com os Poderes”.

Temer recebeu o título de Cidadão Honorário de Brasília na Câmara do DF. Moraes fez questão de discursar.

“Foi um grande presidente. Presidente sério, presidente trabalhador, um presidente que transitava como presidente e continua transitando pelos três Poderes. Se nós formos olhar na história dos presidentes da República, nós não temos nenhum presidente que se equipara com o presidente Michel Temer na qualidade de diálogo com todos os poderes.”

Alexandre de Moraes também chamou Temer de “um amigo leal”, “pessoa extremamente paciente” e “inteligente e extremamente competente”.

“Um dia, uma noite, aquelas dez e meia da noite, eu e a senhora toda noite passava, independentemente dos espaços do outro dia, para finalizar o dia com dias dez, meia, quinze para onze. Na noite, entre na sala do presidente Michel Temer, e ele assistindo TV Câmara. Então para o presidente, com todo o respeito, não tem nada melhor para assistir, ele tinha recebido naquele dia 43 deputados federais e estava assistindo à TV Câmara, e disse, eu adoro isso. Adoro conversar, adoro lidar com as pessoas.”

Temer, em sua fala, fez questão de elogiar o governador Ibaneis Rocha (MDB). “Olho o governador Ibaneis, por exemplo, e ainda há pouco eu dizia a ele: ‘Você está falando com uma tranquilidade absoluta. Tranquilidade de quem sabe o que fez e o que faz'. E o que fará ainda, no futuro, ao lado da Celina.”

A cerimônia também contou com a participação do ministro do STF Dias Toffoli, que avaliou Temer como “pessoa extremamente cordial, inteligente e prudente”.

O secretário-chefe da Casa Civil do Distrito Federal, Gustavo Rocha, e o conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) Engels Muniz também foram agraciados com o título Cidadão Honorário de Brasília.


0

Rocha é natural de Belo Horizonte (MG), mas mora no Distrito Federal desde 1975. O advogado foi ministro dos Direitos Humanos e subchefe para Assuntos Jurídicos da Casa Civil da Presidência da República durante a gestão de Michel Temer.

No GDF desde maio de 2019, Rocha lidera ações governamentais em momentos de crise, como a força-tarefa de enfrentamento à epidemia de dengue, e coordena medidas humanitárias que envolvem diferentes órgãos distritais, como a retomada do plano de acolhimento das pessoas em situação de rua.

Ibaneis

O governador do DF, Ibaneis Rocha, também participou da sessão e aproveitou para enaltecer Gustavo Rocha. “Eu sento na minha cadeira lá de governador, uma cadeira difícil, e eu faço questão de atender a todas e a todos que buscam o gabinete da governadoria do Distrito Federal. E ali eu ouço o problema com muito carinho, mas, se eu não tiver a solução na hora, eu chamo o Gustavo”, brincou.

Terceiro agraciado com a homenagem da CLDF, Engels nasceu em Salvador (BA). Antes de tornar-se conselheiro do CNMP, o advogado atuou como chefe de gabinete da Subchefia para Assuntos Jurídicos da Casa Civil da Presidência da República, secretário executivo e ministro interino do Ministério dos Direitos Humanos.

O título de Cidadão Honorário de Brasília é concedido por deputados distritais a pessoas naturais de outras unidades da Federação que praticaram atos de relevante interesse social em favor da população do Distrito Federal.

A sessão de concessão da honraria a Temer, Rocha e Engels será conduzida pelo deputado distrital Hermeto (MDB). O parlamentar apresentou a proposta do Título de Cidadão Honorário junto ao deputado Iolando (MDB).

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.