Maranhense leva performance sobre Cazumba a Harvard

Quando eu perguntei para Igor Cariman, quem ele era, a resposta veio na ponta da língua:

“Eu sou um jovem rebelde que acredita no poder da juventude maranhense. Um rebelde com causa e anseio pelo futuro. Desde os 15 anos atuo em organizações sociais, o que me fez acreditar que com estudo e conhecimento posso chegar aonde eu quiser. No ensino médio que fiz no IFMA de Itapecuru Mirim participei de projetos científicos em comunidades quilombolas. No município de Vargem Grande desenvolvi projetos socioculturais com foco em adolescentes e jovens. E agora, o Boi da Floresta de Mestre Apolônio me permite brincar na cultura popular do meu estado, entendendo que a cultura tem seu papel político na formação do ser humano. Então, nunca me deixei desistir, nunca parei de acreditar, isso me fez chegar onde tô chegando, e me fará chegar mais longe”.

E ele vai muito longe mesmo. Igor é estudante de Ciências Sociais (UFMA) e brincante do Boi da Floresta. No dia 4 de abril estará partindo para os Estados Unidos para apresentar a performance “CAZUMBA – Corpo que baila no terreiro”, personagem dos bois de sotaque da Baixada e Pindaré.

“Essa é uma performance que retrata a ancestralidade da cultura popular maranhense na figura do Cazumba – ser místico que limpa o terreiro nos arraiais de São João. A performance possui 18 minutos de muita ritualidade, uso do corpo, toada de boi e coreografia. É utilizado um altar ao centro com as imagens de santos, como: São Benedito e São João, sob um tecido de chita. Bata, careta e chocalho reforçam a presença do Cazumba, assim como o defumador. Utilizo de um texto poético que reconta a história e a mística do Cazumba”, explica Igor.

O evento que o maranhense vai participar é o Brazil Conference, realizado desde 2015 e criado por estudantes brasileiros de graduação e pós-graduação da Universidade de Harvard e MIT, em Massachusetts, Estados Unidos. Este ano será realizado nos dias 06 e 07 de abril, e terá a participação de nomes como os ministros Margareth Menezes, Roberto Barroso, Sônia Guajajaras, Flávio Dino, Seu Jorge, Ivete Sangalo, Luciano Huck, dentre outros.

“O programa que me inscrevi se chama ‘Cultura brasileira em Ação'. Enviei a proposta escrita em setembro e fui aprovado na primeira fase. Na segunda precisei enviar um vídeo e fui aprovado em uma das duas únicas vagas, de uma seleção de mais de 200 inscrições, o que demonstra a relevância da cultura popular maranhense, em um evento super grande”, conta Igor.

Igor é ludovicense, estava morando em Vargem Grande (MA), mas retornou no ano passado para cursar Ciências Sociais. A arte e a cultura maranhense sempre estiveram presentes em sua vida, pois a mãe dele, que trabalhava com arte e cultura nos arraiais de São João, sempre levava ele e sua irmã para os locais de trabalho. Com isso, começou a paixão dele pela cultura.

Será a primeira viagem internacional do estudante, e cheia de representatividade. Do Maranhão, apenas ele e uma professora do Instituto Estadual do Maranhão (IEMA) passaram nos programas.

“O sentimento é de oportunidade, pois sou um jovem estudante que nasci na periferia da capital, mas oportunidade também de levar a nossa cultura popular que é tão linda, nosso bumba meu boi, nossos Cazumbas”, comemora.

Mais sobre Igor Cariman

Produtor, pesquisador, diretor e fundador da Fundação Cultural Trapiche. Atualmente, faz graduação em Ciências Sociais pela UFMA, realizando estudos nas áreas de Cultura popular, meio ambiente, raça e religião. Foi indicado à categoria Jovem Ativista, do Prêmio Megafone de Ativismo, em 2022. Premiado como melhor pitch científico na 13ª Bienal da UNE, em 2023, no Rio de Janeiro.

Nos últimos anos esteve envolvido na criação de diversos projetos, ações e campanhas relacionadas à educação, cultura e participação popular, entre eles o Tira Mão da Federal – Se Liga 16! – BDM 3 Anos – Trans Sarau – Encontro dos Estudantes da – Vida, Pão, Vacina e Educação – Águas que Correm entre Pedras – Encontro de Comunicadores Populares da Rede Jacá.

É pesquisador bolsista no Programa de Educação Tutorial: Comunidades Populares da UFMA; Conselheiro Estadual de Juventude do Maranhão; Brincante do Bumba meu Boi da Floresta de Mestre Apolônio.

Quer receber as notícias da sua cidade, do Maranhão, Brasil e Mundo na palma da sua mão? Clique AQUI para acessar o Grupo de Notícias do O Imparcial e fique por dentro de tudo!

Siga nossas redes, comente e compartilhe nossos conteúdos:

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.