Mãe de Luanne pede justiça: “Fazemos questão de achar quem fez isso”

Edvane Gomes Almeida, mãe da influenciadora Luanne Jardim, desabafou sobre a morte da filha. Ela disse que não vai desistir do caso enquanto não descobrir o que realmente aconteceu com a modelo, morta após ser abordada por criminosos no Rio de Janeiro, no último domingo (21/5).

“Nós estamos muito machucados. A gente faz questão de achar a pessoa que fez isso com a minha filha. Eu não vou para a cova sem saber o que aconteceu. Você não tem noção da dor que eu estou sentindo. Eu tenho que tentar não me emocionar. Ela tinha a vida tranquila dela”, contou Edvane, em entrevista ao Splash.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1


0

A mãe da influencer também disse que a filha vivia o melhor momento da vida. “Eu queria a minha filha de volta, mas nada vai trazer ela de volta. Eu só peço a Deus que nada fique oculto. Essa é a minha intenção. Enquanto estiver na mídia, os policiais vão continuar em cima. Não é justo tirar a vida da minha filha. Era uma moça tão linda. Linda por dentro e por fora. Já tinha conquistado a vida financeira dela.”

O caso Luanne Jardim

A morte da influencer Luanne Jardim, morta no último domingo (21/5) no Rio de Janeiro, aos 30 anos, vem ganhando desdobramentos. Neste momento, a Polícia Civil carioca trabalha com várias linhas de investigação, sendo uma delas a execução.

Influenciadora fitness e autodeclarada “ex-obesa”, Luanne Jardim estava no carro com o marido, João Pedro Farche, quando foi abordada por assaltantes, em uma alça de acesso para a Linha Amarela em Pilares.

A influenciadora, que tem mais de 300 mil seguidores no Instagram, chegou a ser levada para o Hospital Municipal Salgado Filho, mas não resistiu aos ferimentos. O tiro atingiu o ombro e o coração de Luanne.

Os desdobramentos começaram a chegar quando o tio de Luanne, Uraniel, e o pai da influencer, Atanael, afirmaram não se tratar de um simples assalto, e sim de uma execução.

“Chegaram [os bandidos] atirando na traseira, saíram de trás e atiraram na lateral, matando a Luanne. Eles [Luanne e o marido] pararam o carro e os assassinos, na fuga, bateram no carro deles! Que assaltantes chegam atirando na traseira, o carro para e eles fogem?”, questionou o tio da influenciadora, em conversa com a coluna Fábia Oliveira, do Metrópoles.

Já o pai de Luanne apontou, ao G1: “Com certeza, isso não foi um mero furto, latrocínio. Isso foi um homicídio porque ninguém dentro de um carro vai roubar o outro e atira de dentro do carro com o vidro fechado”.

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.