Líderes de torcida do Sport são presos por ataque a time do Fortaleza

O presidente e o vice-presidente de torcida organizada do Sport foram presos, nesta quarta-feira (3/4), por envolvimento no ataque ao ônibus do Fortaleza, que ocorreu no dia 22 de fevereiro. As prisões foram confirmadas por Alessandro Carvalho, secretário da Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE). Os nomes dos suspeitos não foram divulgados.

Os líderes da organizada Jovem do Leão estão na Delegacia de Polícia de Repressão à Intolerância Esportiva, em Olinda. “Tivemos uma primeira fase da operação com cumprimento de quatro mandados de prisão, três em um primeiro momento e o quarto no segundo”, afirma o secretário.

Carvalho acrescenta que as evidências reunidas foram examinadas e resultaram em uma nova solicitação de prisão para os líderes em primeiro e segundo lugar na hierarquia. A solicitação foi concedida pela Justiça de Pernambuco e realizada na sede da torcida.

“Nós não podemos dar detalhes no momento, pois são desdobramentos de uma investigação. Vamos investigar para que todos os responsáveis sejam punidos e cada conduta será informada em coletiva assim que a investigação seja concluída”, aponta o secretário.

Ataque da organizada do Sport

Em fevereiro deste ano, o ônibus que levava a delegação do Fortaleza foi apedrejado após o empate da equipe contra o Sport, pela Copa do Nordeste. O ataque foi feito por torcedores da equipe do Recife na saída da Arena Pernambuco e terminou com seis jogadores feridos, que precisaram ser encaminhados ao hospital.

O veículo foi atacado a oito quilômetros do estádio. Testemunhas afirmaram que cerca de 90 pessoas envolvidas no atentado estavam vestidas de amarelo, o que remete a principal cor da torcida organizada.

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.