Menu

Notícias

Internacional empata em Caxias e decide vaga na final no Beira-Rio

O equilíbrio reinou no primeiro jogo semifinal do Campeonato Gaúcho entre Caxias e Internacional que terminou empatado por 1 a 1, neste sábado à tarde, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS). Os dois times voltam a se enfrentam pela semifinal dia 26, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Como a vantagem da melhor campanha vale somente para mando de campo, quem vencer este jogo vai à final. Em caso de novo empate, a vaga vai ser definida na cobrança de pênaltis.

Um lance logo aos dois minutos tirou o zero do placar. Maurício tentou chutar e a bola tocou no braço de Jean Pierre, cometendo pênalti marcado pelo experiente árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima.

Ele, porém, aguardou a confirmação do VAR para autorizar a cobrança. Alan Patrick bateu, o goleiro Bruno defendeu, mas o rebote ficou com o próprio atacante que ajeitou e chutar para marcar o primeiro gol, aos quatro minutos.

Este gol deu a impressão de que tudo seria fácil para o Colorado Mas o Caxias buscou o empate alguns instantes depois, aos 14 minutos. Jean Dias, em velocidade no lado esquerdo, passou pela marcação de Johnny e cruzou rasteiro. Na tentativa de corta, o zagueiro Mercado bateu errado na bola que entrou contra suas próprias redes: 1 a 1.

O empate animou o Caxias, que tinha uma boa movimentação e conseguiu superar a marcação do Internacional. O time caxiense, porém, errava no último passe e não finalizava em boas condições para marcar o gol da virada.

No segundo tempo, o Internacional voltou com duas mudanças. O lateral Renê, machucado, saiu para a entrada de Thauan Lara e Carlos de Peña entrou no lugar de Matheus Dias. Mas o ritmo de jogo caiu bastante, talvez, devido ao calor. O primeiro lance de perigo saiu somente aos 21 minutos, quando Peninha isolou por cima do travessão quando estava dentro da área em boas condições de finalizar para o Caxias.

O Inter respondeu dois minutos depois com Wanderson. Ele tinha entrado um pouco antes no lugar de Maurício e apareceu bem no lado esquerdo da área para finalizar. O goleiro Bruno fez a defesa no lado da trave em dois tempos. Aos 26 minutos, Eron reclamou de ter sido empurrado na área por Bustos, num lance duvidoso. O VAR não viu nada e o atacante do Caxias recebeu o cartão amarelo por simulação.

O técnico Mano Menezes ainda tentou ganhar mais força física com suas substituições, enquanto o Caxias, mais desgastado, usou suas trocas para recuperar o fôlego e, até mesmo, para garantir a manutenção do resultado. O empate caiu bem para os dois times que vão decidir a vaga na final no segundo jogo semifinal.

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários