Mais de 4 mil cestas básicas são entregues aos municípios afetados pela chuva

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Mais de 4 mil cestas básicas são entregues aos municípios afetados pela chuvaO Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBBMA) segue monitorando as informações meteorológicas e gerenciando a operação de auxílio aos municípios afetados pela chuva e enchentes. Em nota divulgada nesta quinta-feira (6), a corporação afirmou que cinco cidades maranhenses decretaram situação de emergência: Mirador, Grajaú, Barra do Corda, Jatobá e Paraibano. Ainda de acordo com a CBMMA, equipes de bombeiros, viaturas e embarcações estão sendo enviadas para as regiões mais atingidas pelas chuvas.

Nesta sexta-feira (7), uma comitiva formada pelo vice-governador Carlos Brandão, pelos secretários de Estado Carlos Lula (Saúde), Clayton Noleto (Infraestrutura) e Márcio Jerry (Cidades e Desenvolvimento Urbano), e pelo comandante do CBMMA, coronel Célio Roberto, estarão em Mirador, Colinas e Grajaú.

Diagnosticado com Covid-19, o governador do Maranhão, Flávio Dino, está impossibilitado de observar os trabalhos de perto, mas ele segue acompanhando a situação dos municípios por meio do comitê estadual criado para enfrentar o problema.

Na cidade de Mirador, onde a elevação do nível do rio Itapecuru provocou a destruição de casas, interrupção de vias públicas e deixou mais de 200 famílias desabrigadas e desalojadas, algumas vias do município começaram a ser liberadas, com o volume de água do rio, que diminui nas últimas 24 horas. Apesar do cenário mais favorável, o estado de alerta permanece.

Relacionadas

“Equipes do Corpo de Bombeiros e agentes municipais trabalham na distribuição de alimentos, medicamentos e na remoção de famílias das áreas de risco. Nas últimas 24 horas o volume do rio diminuiu 23 centímetros, algumas vias já foram liberadas, porém, segue o estado de atenção na cidade”, informou o CBMMA.

Fornecimento de alimentos

Em uma rede social, Flávio Dino destacou a entrega de cestas básicas como uma das ações do Governo do Estado em apoio às famílias. Segundo a Secretaria de Estado de Governo (Segov), até o momento já foram entregues 4.250 cestas de alimentos, sendo 2.150 cestas básicas para a cidade de Colinas e região, 1.000 para a cidade de Mirador e 750 para a cidade de Imperatriz.

“Secretário Diego Rolim [Meio Ambiente], equipes da Saúde e da Segurança continuam o trabalho hoje em Mirador. Águas baixando, graças a Deus, mas ainda temos ruas alagadas e famílias desabrigadas. Entre as ações do Governo do Maranhão, estamos entregando cestas básicas”, comunicou o governador.

Ainda segundo o Corpo de Bombeiros, até agora foi registrado nos cinco municípios mais afetados com as fortes chuvas, um total de 298 famílias desabrigadas e outras 322 desalojadas.

Entre os prejuízos contabilizados em Mirador, estão: interdição de 20 estradas para povoados, transbordamento de quatro açudes, desabamento de 16 pontes e de nove casas.

Em apoio à população miradoense, o CBMMA montou uma força tarefa com 40 bombeiros trabalhando na operação de auxílio às vítimas. No município, a quantidade de famílias desalojadas caiu para 119 famílias, com outras seis famílias desabrigadas.

Apoio em Imperatriz e mais cidades em alerta

Na cidade de Imperatriz, no Sul do Maranhão, 241 famílias estão desabrigadas ou desalojadas. O nível do rio Tocantins segue estável na marca de 9,4 metros. Equipes do 3º Batalhão do CBMMA receberam o reforço de homens do exército e permanecem com o trabalho de auxílio às famílias.

Em decorrência da manutenção das chuvas no Maranhão, outros municípios seguem em alerta: Trizidela do Vale, Pedreiras, Itapecuru Mirim, Santa Rita; Pirapemas e Cantanhede. Em todo o Maranhão, 620 famílias estão entre os desabrigados e desalojados.

Fonte: oimparcial.com.br

Veja também

Produtos