Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Ilha do Amor fundada há 409 anos

Foto: Divulgação

 

Por: Cristopher Rocha

No dia 8 de setembro de 1612, os franceses estavam chegando ao local que viria a ser a tão adorada capital maranhense, marcando para sempre a história da região. Depois da expulsão francesa, briga com os holandeses e anos após a colonização portuguesa, a cidade viria a crescer para se tornar um dos maiores tesouros nacionais e regionais.

Mesmo após mais de quatro séculos de existência, a ilha ainda carrega sua herança histórica que segue praticamente intacta, principalmente nas ruas. O Centro Histórico de São Luís é um dos motivos para a capital ter se tornado Patrimônio Mundial já que sua arquitetura, pensada logo após a saída dos franceses, foi projetada com estilo único, dando destaque aos famosos azulejos azuis e casarões que contornam as ruas.

O Centro é a essência da cidade e um dos motivos para ela ser tão amada, respeitada e estudada. Anderson  Lopes, 27 anos, historiador, diz que os portugueses desenvolveram um ótimo plano de base para a ocupação da cidade tornando possível o nascimento da ilha do amor. “O Centro Histórico é uma marca muito viva desses acontecimentos dos séculos passados, inclusive ele mantém esse traçado urbano idealizado para a cidade. São Luís é única, tem uma beleza única, não só em questões arquitetônicas, mas também em questões culturais. Todo esse conjunto é o que dá alma a cidade e a gente percebe que é preservado o tempo todo”, conta.

Anderson afirma que os mitos fundacionais em relação à cidade foram o que deram destaque para a capital já que foram levados para a grande mídia, dando foco para as dúvidas sobre quem fundou a cidade rendendo discussões sobre a mesma.

“Toda essa questão dos períodos coloniais acopladas a esse universo multicultural é o que forma a identidade local, que é única e significativa, e isso em si atrai outros pontos como o turismo. Tudo sobre a arquitetura e cultura é o que chama atenção”, afirma o historiador.

O Centro Histórico é uma marca muito viva desses acontecimentos dos séculos passados, inclusive ele mantém esse traçado urbano idealizado para a cidade. São Luís é única, tem uma beleza única, não só em questões arquitetônicas, mas também em questões culturais

Crescimento cultural, social e econômico

O crescimento de São Luís não foi apenas na parte cultural, mas também econômica e social. Ela passou de uma pequena ilha exportadora para uma das mais importantes capitais brasileiras. A cidade atingiu a marca de 1.115.932 habitantes, número que vem crescendo a cada dia, de acordo com os dados do IBGE de 2021. Não é difícil  perceber isso, dada rápida expansão imobiliária em toda a cidade com moradias habitacionais e prédios cada vez mais modernos.

Provando que pode ser mais moderna e mais famosa a cada dia, São Luís teve grande destaque nacional neste ano de 2021, principalmente por causa da aceleração da vacina contra o Covid-19, mostrando que a Cidade dos Azulejos tem sucesso em outras áreas. A capital, São Luís, já aplicou um total de 1.209.218 doses de vacina contra o coronavirus, incluindo doses únicas. Um avanço significativo em relação às outras capitais, além do início precoce da vacinação da terceira dose, ganhando assim outro título carinhoso e importante: o da Capital das Vacinas

A capital maranhense trouxe muito orgulho para os moradores da ilha de Upaon-Açu honrando todos os apelidos carinhosos que recebeu (como Atenas Brasileira, Ilha do Amor, Ilha Bela, Cidade dos Azulejos, Jamaica Brasileira…) e a tendência é que continue a crescer e evoluir, mantendo o destaque nacional que teve nos últimos tempos, seja culturalmente ou socialmente, e se firmando como um dos maiores patrimônios históricos que o Brasil tem a oferecer.

Fonte: O Imparcial

VEJA TAMBÉM

Sua opnião

PUBLICIDADE