Google alerta para riscos de segurança em celulares da Samsung: confira lista

O Project Zero, a de pesquisa de segurança do Google, emitiu um alerta para vulnerabilidades de execução remota de códigos identificadas em chipsets Exynos da Samsung, Google (Pixel) e Vivo.

Entre os riscos de segurança destacados pelo estudo, estão as capacidades de desativar chamadas Wi-Fi e Voice-over-LTE (VoLTE).

Segundo o chefe do Project Zero do Google, Tim Willis, em postagem no blog disse que os pesquisadores de segurança identificaram 18 falhas de segurança entre o final de 2022 e início de 2023.

Ainda de acordo com os responsáveis pelo estudo, quatro das dezoito vulnerabilidades permitem que o invasor comprometa o telefone de forma remota apenas sabendo o número de telefone da vítima.

Confira o comunicado do Project Zero:

Com pesquisa e desenvolvimento adicionais limitados, acreditamos que invasores qualificados seriam capazes de criar rapidamente uma exploração operacional para comprometer os dispositivos afetados de forma silenciosa e remota

As outras 14 falhas de segurança não são tão graves, pois exigem uma operadora de rede móvel maliciosa ou um invasor que tenha acesso ao dispositivo.

Veja os dispositivos afetados por essas vulnerabilidades:

  • Celulares da Samsung, incluindo os das séries S22, M33, M13, M12, A71, A53, A33, A21s, A13, A12 e A04;
  • Dispositivos móveis da Vivo, incluindo os das séries S16, S15, S6, X70, X60 e X30;
  • As séries Pixel 6 e Pixel 7 do Google;
  • Veículos que usam o chipset Exynos Auto T5123.

Saiba como se proteger:

O Google recomenda desativar as chamadas Wi-Fi e Voice-over (VolTE) nas configurações dos aparelhos. Até agora, a Samsung não se posicionou.

Acompanhe e siga nossas redes sociais:
InstagramTwitter Facebook, além de compartilhar e comentar. Denúnciavídeosfotos sugestões: Mande no Whatsapp – (98) 99144-5641


source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.