Faixas apagadas deixam a travessia de pedestres perigosa em avenidas de São Luís

Atravessar a rua na faixa é questão de segurança para o pedestre e respeitar a sinalização é obrigação dos motoristas. Só que em muitas regiões de as faixas estão desaparecendo.

Não é preciso se afastar muito do centro da cidade para os problemas aparecerem. Na Avenida São Luís Rei de França a faixa está quase apagada e quem sofre é o pedestre. “A faixa simplesmente apagou, então nem todos os motoristas param. Precisamos contar com a boa vontade dos condutores “, reclamou a professora Mara Bazola, 57 anos.

No trecho da Avenida Jerônimo de Albuquerque, no bairro da Cohab, até tem semáforo, mas quase não se vê a faixa de pedestres. A sinalização é ainda pior na Avenida Odilo Costa Filho, no bairro Anjo da Guarda, onde a faixa simplesmente não existe mais. “A maioria das faixas estão apagadas. Se com a faixa já é complicado de atravessar, com ela apagada é ainda mais difícil. Precisamos levantar a mão para que os motoristas parem”, afirmou a funcionária pública, Assunção Buna, 69 anos.

Mas os problemas não estão apenas dentro da região metropolitana. Em vários trechos da Avenida Kennedy, a sinalização também é precária e atrapalha os motoristas. “Às vezes a gente vê o pedestre na calçada e não imagina que ali tem uma faixa aí dificulta um pouco. Acaba que todos nós ficamos vulneráveis a esses perigos”, afirmou o estudante Adalberto Gomes.

Outro lado

Em nota a Prefeitura de São Luís informou que a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) revitaliza as faixas de pedestres de forma sazonal, uma vez que, as vias da capital constantemente recebem melhorias, demandando assim, nova pintura de faixas.

A SMTT ainda ressaltou que, segundo o cronograma, as faixas de pedestres dos trechos citados na matéria serão revitalizadas até o dia 10 de dezembro.

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.