Menu

Notícias

Esse 0 x 0 foi até bom para um Choque-Rei tão decepcionante

Palmeiras x São Paulo, o primeiro clássico do futebol brasileiro em 2023, fez o torcedor paulistano esfregar as mãos, e se sentar diante da TV para desfrutar de um jogaço.

#SóQueNão. Foi um jogo chato de se ver. Início de temporada, parece que os atletas estão com o “freio de mão” puxado.

Na rodada anterior, o técnico Abel Ferreira, depois de ganhar do Botafogo em Ribeirão Preto, disse que alguns jogos do Estadual são mais duros até do que a Libertadores.

Isso às vezes pode ser verdade. Só que nesse clássico com o São Paulo duas coisas sobre o Palmeiras ficaram claras: o time está sentindo a falta do volante Danilo, vendido para os ingleses.

Outra coisa é o posicionamento do atacante Endrick. Abel está confiante no garoto de 16 anos, escalando-o desde o início como titular, mas a bola não chega nele.

Jogar de costas para o gol, com o zagueiro equatoriano Arboleda (que tem o dobro do seu tamanho) grudado em sua sombra, é muito complicado para qualquer centroavante. Cedeu lugar para Breno Lopes aos 25 do segundo tempo.

Calleri, do outro lado, vivia uma situação semelhante. O São Paulo, alias, entrou em campo bem fechadinho, preocupado em não tomar gol, em não perder. Isso tornou o jogo muito truncado, com poucas chances de lado a lado.

Foi ruim de se ver, apesar da boa transmissão da Record, com narração de Lucas Pereira e comentários de Dodô e Renato Marsiglia.

Público no Allianz Parque: 40.196. Renda: R$ 2.301.182,60

Para acompanhar as atualizações da coluna, siga o “Futebol Etc” no Twitter; e também no Instagram.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos e receber as notícias direto no seu celular? Entre no canal do Metrópoles no Telegram e não deixe de nos seguir também no Instagram!


source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários