Elon Musk financia processo da ex-atriz de ‘Mandalorian’ contra a Disney

A X, de Elon Musk, está financiando uma ação judicial de demissão injusta de Gina Carano contra a The Walt Disney Company e a Lucasfilm. 

Os advogados da atriz afirmaram em um comunicado na última terça-feira, 6, que Carano, que interpretou Cara Dune na série “The Mandalorian” da Disney Plus, sofreu assédio e bullying por compartilhar suas visões políticas conservadoras em redes sociais. 

Carano foi demitida em 2021. Segundo seus advogados, a Disney a demitiu injustamente e difamou-a ao distorcer suas perguntas e comentários sobre “vários problemas, incluindo questões como Black Lives Matter, lockdowns, irregularidades eleitorais e pronomes de transgêneros”.

Carano diz que perdeu seu agente e oportunidades de emprego futuro pois a Disney e a Lucasfilm a perseguiram por conta de suas opiniões divergentes das posturas públicas da empresa.

A atriz supostamente comparou os republicanos de hoje aos judeus que foram perseguidos durante o Holocausto em um tweet, que depois foi excluido. Em uma postagem na terça-feira na X, Carano negou a comparação.

“Eu compartilhei citações provocativas, imagens, memes e ocasionalmente usei minhas próprias palavras, não com agressividade, mas com respeito e a ocasião de comédia para manter o clima leve em tempos sombrios”, escreveu a atriz.

O bilionário Elon Musk confirmou seu financiamento ao repostar o post de Carano na X e escrever: “Por favor, nos avise se você gostaria de se juntar à ação judicial contra a Disney”.

“É uma honra que meu caso tenha sido escolhido para ser apoiado pela empresa que tem sido um dos últimos lampejos de esperança para a liberdade de expressão no mundo”, disse Carano em comunicado. “Obrigado a Elon Musk e à X por me apoiarem enquanto me esforço para limpar meu nome e, espero, tornar mais difícil o que aconteceu comigo acontecer com outras pessoas”

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.