DNIT sobre trechos interditados: “Que São Pedro nos ajude”

DNIT sobre trechos interditados: “Que São Pedro nos ajude”

Os três trechos da Rodovia Federal, um na BR-222 e outro na BR-316, seguem interditados, e o superintendente regional no Estado do do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), João Marcelo Souza Santos, pediu ajuda à São Pedro.

“Graças as chuvas ou apesar delas, estamos tendo essa grande dificuldade de transitar. Temos três casos que têm incomodado bastante a todos nós, e sempre esperamos que São Pedro nos ajude para que a gente possa consertar as rodovias e os cidadãos possam trafegar no seu direito de ir e vir,” afirmou o superintendente do DNIT.

O Portal Difusora News trará detalhadamente nesta matéria cada ponto interditado devido às chuvas no Maranhão, juntamente com o prazo prometido pelo DNIT para serem liberados.

Cratera no trecho BR-222 KM 598 (Bom Jesus das Selvas)

Uma cratera com cerca de 20 metros de profundidade se abriu próximo ao município de Bom Jesus das Selvas no último dia 26 de março. De acordo com o DNIT, o trecho deverá ser liberado para o tráfego de veículos a partir de quarta-feira (17).

“Este trecho estava no esquema de ‘pare e siga', mas as chuvas levaram boa parte do trabalho feito pelo engenheiros. Nós retomamos o trabalho e a previsão de liberação de tráfego é para quarta-feira, dia 17”, explicou João Marcelo Souza Santos.

A Polícia Rodoviária Federal recomenda que os motoristas que estiverem no noroeste maranhense e que desejam entrar na região Tocantina precisarão contornar a Serra do Guripi em direção ao estado do Pará pela BR-316. Chegando ao local, será necessário virar à esquerda e seguir em direção à BR-010.

Para quem está em São Luís, deve-se pegar a BR-135 em direção a Peritoró, passando pela BR-316. Chegando ao município, o motorista deverá entrar mais uma vez na BR-135, com destino a Presidente Dutra, e em seguida virar à direita na BR-222 em direção à região dos Cocais.

Ponte colapsada no trecho BR-222 KM 364 (Santa Inês)

Uma ponte colapsou próximo ao município de Santa Inês no último dia 1º de abril e, desde então, o trecho foi interditado. De acordo com o DNIT, uma ponte provisória sairá de Teresina e chegará a São Luís na quarta-feira (17). No entanto, o prazo máximo para a instalação da ponte será o começo de maio.

“Essa ponte colapsada será substituída. Fizemos um contrato com o Exército, que está trazendo uma ponte provisória, chamada ponte LSB, que sairá de Teresina na quarta-feira (17), e temos uma previsão de final de abril e início de maio para que ela seja instalada”, revelou o superintendente.

Uma das poucas rotas que os motoristas estão utilizando para desviar do trecho interditado é por uma estrada de terra que passa às margens da ferrovia Carajás. Uma imagem impressionante mostrou que a estrada está completamente alagada, com veículos de pequeno e grande porte amontoados em um completo caos.

Corte no trecho BR-316 KM 267 (Santa Inês)

No último domingo (14), um corte no asfalto da BR-316, no KM 267, também próximo a cidade de Santa Inês, foi interditado. De acordo com DNIT, o problema deverá ser solucionado até esta terça-feira (16).

“Este problema já está praticamente resolvido e hoje, dia 15, no mais tardar amanhã de manhã, dia 16, estará resolvido o problema”, prometeu João Marcelo Souza Santos, superintendente regional no Estado do Maranhão do DNIT

Nesta terça-feira (15), João Marcelo Souza Santos estará em Santa Inês para observar os trechos interditados de perto. Ele afirmou que não há culpados e que o DNIT tem as soluções para resolver o problemas.

“Peço muita paciência, não há culpados e não há quem julgar, mas nós temos a nossa situação que é a própria natureza. Estamos prontos e temos as soluções! Logo, estaremos com as nossas BRs tranquilamente para trafegar”, concluiu.

📲 Clique AQUI e participe do nosso canal no Whatsapp

Tags:
bom jesus das selvas, BR, BR-222, BR-316, Brasil, dnit, Governo, Maranhão, santa inês

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.