Menu

Economia

Depois de reduzir preços globalmente, Tesla apresenta balanço nesta quarta-feira, 25

Esta reportagem faz parte da newsletter EXAME Desperta. Assine gratuitamente e receba todas as manhãs um resumo dos assuntos que serão notícia.

A fabricante de carros elétricos Tesla (TSLA3) apresenta nesta quarta-feira, 25, o balanço do quarto trimestre e junto dele vai indicar se as entregas cresceram e as vendas seguem a mesma tendência de alta, ainda que abaixo da expectativas do mercado.

São esperados ganhos de US$ 1,13 por ação e receita de US$ 24,67 bilhões no quarto trimestre. Contudo, investidores e analistas avaliam que a Tesla foi prejudicada pela polêmica compra do Twitter pelo CEO Elon Musk, em outubro, e que os efeitos da sua gestão seguem afetando a montadora.

Junto disso, uma declaração oficial da Tesla feita no início do ano aponta para o impacto da covid em suas contas, após o fechamento por várias semanas de sua fábrica na , e problemas na cadeia de abastecimento

No comparativo, o terceiro trimestre a receita total da Tesla foi de US$ 21,45 bilhões, alta de 56% em relação aos US$ 13,57 bilhões registrados no mesmo período do ano passado. A receita foi a maior de todos os tempos, mas inferior às expectativas, que apontavam US$ 21,96 bilhões.

Após o balanço de hoje, a depender do resultado, os analistas devem incluir nas próxima análises o ajuste de preço apresentado pela montadora na terça-feira, 24, que reduziu em até 20% os valores, ampliando uma estratégia de descontos e desafiando rivais, após frustrar previsões de entregas para 2022.

Os cortes de preços nos Estados Unidos em seus campeões de vendas, o sedã Model 3 e o crossover SUV Model Y, ficaram entre 6% e 20%, mostraram cálculos feitos pela agência Reuters, com o Model Y básico agora custando US$ 59,9 mil. Isso antes do crédito fiscal do governo dos EUA de até US$ 7,5 mil, para veículos abaixo da faixa dos US$ 60 mil.

A empresa também reduziu preços na Áustria, Suíça e França, sendo que neste último clientes que comprarem o Model 3 por 44,99 mil, terão agora uma redução extra por meio de um subsídio do governo de 5 mil.

Para um comprador norte-americano do Modelo Y de longo alcance, o novo preço da Tesla combinado com o subsídio dos EUA equivale a um desconto de 31%.

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários