Dengue: maioria dos infectados em Brasília tem entre 20 e 29 anos

Até 3 de fevereiro, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) registrou 47.417 casos prováveis de dengue. Entre os infectados, 8.746 têm entre 20 a 29 anos.

Em segundo lugar entre as pessoas que mais apresentam sintomas da doença estão aqueles com 40 a 49 anos, faixa etária que soma 7.643 casos. Os dados constam no último boletim epidemiológico da Secretaria de do DF, concluído nessa segunda-feira (5/2).

Crianças com menos de 1 ano são as com menos suspeitas de infecção, somando 435 casos prováveis em 2024.

Já as crianças de 1 a 4 anos somam 1.156 casos prováveis; as de 5 a 9 anos, 2.204; as de 10 a 14 anos, somam  2.625 possíveis infecções; e as de 15 a 19 anos, 3.315.

Entre os prováveis infectados pela doença, 97,6% são residentes do DF. Há 1.043 casos de moradores de Goiás atendidos no DF, 17 de Minas Gerais, nove de São Paulo e oito da Bahia.

Dengue no DF: sinal de alerta cresce 1.116%. O que significa expressão


0

Mortes

Dos 11 mortos confirmados por dengue no DF em 2024, até o momento, oito são homens e três, mulheres. Morreu uma criança entre 5 e 9 anos, um adolescente de 15 a 19 anos, e três adultos de 20 a 49 anos.

Outras três vítimas da dengue na capital do país tinham entre 70 e 79 anos, duas eram da faixa etária de 60 a 69 anos e uma tinha 80 anos ou mais.

Homens e pessoas com mais de 60: o perfil dos mortos pela dengue no DF

Ceilândia é a região do DF que concentra o maior número de mortes pela doença: foram registradas três, até o momento. O Guará teve dois óbitos.

Estrutural, Lago Sul, Recanto das Emas, Samambaia, São Sebastião e Sobradinho notificaram, cada um, um óbito em decorrência da dengue.

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.