Casamentos no Brasil aumentam 4%, mas seguem abaixo do nível pré-pandemia

O número de casamentos no Brasil aumentou 4% em 2022 na comparação com 2021, mas segue baixo do nível pré-pandemia. Os dados são das Estatísticas do Registro Civil de 2022, divulgados nesta quarta-feira, 27, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em 2022, o Brasil registrou 970.041 casamentos, aumento de 37.539 uniões em relação ao ano de 2021 . O número ainda está abaixo do pré-pandemia — em 2019 foram registrados 1.024.676 casamentos –, e inferior à média anual de 2015 a 2019, de 1.076.280.

O sudeste é a região do Brasil onde foram verificamos mais casamentos em número absolutos, 454.053. Porém, o Sul, com alta de 9,5%, e o Norte, com aumento de 6,2%, foram as regiões com os maiores aumentos em relação a 2021.

Os dados mostram ainda que o mês com o maior número de casamentos em 2022 foi dezembro, com 101.712 uniões. Na histórica, o mês também é o preferido para casamentos. Em 2022, apenas em abril, julho e setembro os casamentos superaram o número observados nos mesmos meses de 2019.

A taxa de nupcialidade legal, número de casamento em relação a população de 15 anos ou mais, foi de 5,9 em 2022, maior que os dois últimos anos, mas menor que o registrado no pré-pandemia.

Brasileiros estão casando-se mais velhos

Os dados do IBGE mostram que os brasileiros estão casando-se mais velhos na comparação com os últimos dez anos. Em 2010, a idade média ao casar-se dos cônjuges solteiros de sexos opostos foi de 29,2 anos para os homens e de 26,5 anos para as mulheres. Em 2022, a idade dos homens passou para 31,5 anos e das mulheres para 29,1 anos.

Cerca de 75,9% das mulheres e 69,6% dos homens se casam com idades entre 15 e 39 anos. O levantamento mostra que o número de pessoas com 40 anos ou mais se casando segue em crescente nos últimos dez anos. Em 2010, apenas 11,9% das mulheres e 17,6% dos homens se casavam com mais de 40 anos. Hoje, o número saltou de 24,1% para as mulheres e 30,4% para os homens.

Mais pessoas no segundo casamento

Os dados do Registro Civil revelam ainda que o número de pessoas que se casam mais de uma vez mais que dobrou em 20 anos. Enquanto em 2002 apenas 12,8% dos cônjuges eram divorciados ou viúvos, em 2022 o número chega a 30,4%. Nos casamentos em que um dos cônjuges é divorciado ou viúvo a idade média da mulher é de 40,9 anos e do homem é de 45 anos.

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.