Cabos de energia foram fator principal em acidente aéreo com Marília Mendonça

As linhas de transmissão de energia elétrica da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) foram apontadas como o fator principal do aéreo que resultou na morte da cantora Marília Mendonça e outras quatro pessoas, em novembro de 2021, no distrito de Piedade de Caratinga, no município de Caratinga, em Minas Gerais.

O relatório final apresentado nesta segunda-feira (15) pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), órgão militar subordinado ao Comando da Aeronáutica, confirmou essa conclusão.

O laudo do acidente descartou erro humano por parte do piloto da aeronave, Geraldo Martins de Medeiros, assim como falhas mecânicas e operacionais da aeronave.

O relatório final da perícia realizada pelo Cenipa foi compartilhado com os advogados e familiares das cinco vítimas durante a tarde de hoje. O documento estará disponível ao público ainda nesta segunda-feira.

É importante ressaltar que as investigações conduzidas pelo Cenipa não têm como objetivo atribuir culpa ou responsabilidade a qualquer pessoa.

O foco é compreender as circunstâncias do acidente para melhorar as medidas de segurança nos voos, prevenir futuros acidentes aéreos e, consequentemente, salvar vidas.

Após a apresentação do relatório, o advogado Robson Cunha, representante das famílias da cantora e do tio e assessor da artista, Abicieli Silveira Dias Filho, comentou os próximos passos. Ele afirmou que a questão a ser tratada judicialmente é se os cabos estavam dentro de uma área ou local que deveriam ser identificados.

Cunha também pediu celeridade na conclusão do inquérito da Polícia Civil de Minas Gerais. Ele enfatizou a importância de obter o inquérito policial para que possam se manifestar adequadamente no processo e abordar esse assunto em particular.

Siga nossas redes, comente e compartilhe nossos conteúdos:

Envie sua denúnciavídeofoto ou sugestão:

Whatsapp da Redação: (98) 99144-5641

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.