Menu

Economia

Bússola Cultural: aproveite as férias para fazer um tour por museus de SP

Atividades esportivas

O Museu do Futebol traz diversas atividades, jogos e oficinas esportivas divertidas para toda a família fazer durante e após as férias. Como a exposição 22 em Campo que estabelece relações entre o Modernismo e o Futebol. Com curadoria de Guilherme Wisnik, a mostra apresenta as ligações inusitadas entre o movimento cultural e o esporte, fica em cartaz até 29/01. Os visitantes poderão ver a camisa utilizada por Pelé na final da Copa do Mundo de 1970. E o programa Férias no Museu, tem uma grade de atividades previstas até o primeiro fim de semana de fevereiro, sempre de terça a domingo, das 10h às 17h, na área externa com brinquedo inflável e pula-pula, escalada inflável e slackline. No dia  25/01, terá apresentação musical e bate-papo com o grupo Groove 011, das 11h às 14h, e contação de história para crianças com o grupo Rebrincando às 14h. E, das 10h às 15h, terá oficina de slackline com o atleta campeão mundial, Alisson Ferreira.

De terça a domingo, das 9h às 17h00 (com permanência até 18h), mais informações no site do museu;  grátis às terças e no dia 25/01

Parede de escalada com quadros de grandes (Guilherme Ribeiro/Divulgação)

Parede de escalada

O Museu Catavento está modernizado e com iluminação especial, além de ter parede de escalada de 7 metros de altura, onde o visitante conhecerá algumas das maiores personalidades mundiais responsáveis por grandes transformações na história como: Santos Dumont, Marie Curie, Nelson Mandela e Albert Einstein. Ainda neste mês de janeiro, terá oficinas artesanais com desenhos, colagens e modelagem de massinhas. As crianças participantes poderão usar e abusar da criatividade, em 28 e 29 de janeiro, em várias sessões ao longo do dia. A Cia de Teatro BUZUM apresentará o espetáculo Perigo Invisível. Este espetáculo lúdico mostra que o perigo à saúde nem sempre é visível, como vírus, bactérias, fungos e como são importantes os bons hábitos de higiene na prevenção de doenças, em especial após tudo o que se viveu na pandemia, de 13 a 25 de janeiro, várias sessões ao longo do dia. Além de espetáculo de mágicas, de 10 a 22 de janeiro, às 11h, 13h e 15h.

De terça a domingo das 09h às 17h, bilheteria fecha às 16h, mais informações no site do museu, grátis às terças

Dança do dragão chinês (Chris Ceneviva e Victor Herege/Divulgação)

Ano Novo Chinês

Em comemoração ao Ano Novo Chinês, o Museu da Imigração oferecerá, durante o fim de semana dos dias 21 e 22 de janeiro, uma série de atividades para as crianças conhecerem mais a , música e culinária desse país, com contação de histórias e folclore, apresentação do dragão e do leão chinês, entre outros. Além disso, acontecerá também a Oficina de Entomologia: Os insetos de São Paulo e do Mundo, em 28 de janeiro, às 15h, mediada por um biólogo, ilustrador e formador de ciências.

De terça a sábado, das 9h às 18h, domingo, das 10h às 18h,  bilheteria até as 17h,  mais informações  no site do museu, grátis aos sábados e no dia 25/01

Criança interagindo com a instalação lúdica e sensorial “cama de gato”, feita de bambu (Vanderson Santos/Divulgação)

Di Quebradinha

A programação do Museu das Favelas propõe a ocupação do jardim como um grande espaço de troca, convivência, brincadeiras e reflexões. No jardim, há instalações compostas de trabalhos de arte de Augusto Leal, artista de Simões Filho, Bahia, que através do jogo, da brincadeira e da ludicidade, trazem um convite para a interação, para a diversão, para o acesso de memórias, mas especialmente para a reflexão, desde crianças a adultos. Por exemplo, no “ O Jogo!”, tem golzinhos (traves) de metal, de tamanhos e cores variadas que, a partir de sua distribuição, convida a refletir sobre o uso da meritocracia para justificar as violências e injustiças sociais que atravessam a experiência negra. No parque sensorial natural, existem pirâmides de bambu, túnel cama de gato e rampas de equilíbrio, convidando às crianças para uma experiência humana sensível.

De terça-feira a domingo, das 09h às 17h (permanência até 18h), mais informações no site do museu, sempre grátis

Rabiscos interativos, com papel e tecnologia (Francisco Arlindo/Divulgação)

Rabiscos interativos

Nas Biblioteca de São Paulo e Biblioteca Parque Villa-Lobos terão atividades interativas, como apresentação de biomas e ensinando as crianças a confeccionarem animais em massinha, desenho e pintura. Indicado para crianças de 2 a 13 anos. Com Zarvos Viviani. Não é necessário inscrição. E oficinas temáticas que combinam o potencial expressivo do som, do papel e da interatividade mágica e artística da tecnologia. A partir de 5 anos.

Oficinas de Massinha: Biblioteca Parque Villa-Lobos;  sábado, dia 21, das 14h às 16h, Biblioteca de São Paulo; domingo, dia 22, das 14h às 16h

Fábrica de Ruídos e Rabiscos Interativos, Biblioteca de São Paulo; sábados, das 14h às 16h, Biblioteca Parque Villa-Lobos; domingos, das 14h às 16h, até o fim do mês de janeiro, mais informações www.bsp.org.br  e www.bvl.org.br , gratuito

FOTO 6

Fábricas de Cultura realizam cursos diversos, como em artes visuais, circo, dança, games, literatura, robótica, teatro, etc (Arquivo Fábricas de Cultura/Divulgação)

Sessão de cinema grátis

As Fábricas de Cultura, programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo estão de portas abertas para receber crianças, jovens e adultos que queiram aproveitar a agenda de janeiro, até 31 de janeiro. Na Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha, terá  a oficina de slime para crianças que ensinará a criar esse brinquedo com materiais básicos no dia 24, das 14h às 16h. E em 27/01, acontece a oficina de Introdução ao Circo para Adolescentes e Adultos, das 14h30 às 16h30. Neste encontro, os participantes terão contato com malabares, acrobacias de solo, acrobacias aéreas e equilíbrios. Já na Fábrica de Cultura Vila Curuçá terá sessão de cinema, com exibição do documentário “Adoniran – Meu Nome é João Rubinato”, em 25/01,  a partir das 14h.

Mais informações no site das Fábricas de Cultura

Fábricas de Cultura das zonas Norte: Brasilândia, Jaçanã e Vila Nova Cachoeirinha e Sul: Jardim São Luís e Capão Redondo), Diadema, Osasco e Iguape)

Fábricas de Cultura Zona Leste: Vila Curuçá, Sapopemba, Itaim Paulista, Parque Belém e Cidade Tiradentes, gratuito

O espaço foi inaugurado em 20/12/22 e está com programação gratuita (Adriano Escanhuela/Divulgação)

Festival Circo SP

O Mundo do Circo SP, programa cultural da Secretaria da Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo está com espetáculos gratuitos até 29/01, incluindo a 15ª edição do Festival Circo SP, que acontece na semana do aniversário da capital paulista (24 a 29/01). Localizado no Parque da Juventude, O Mundo do Circo SP está próximo a Biblioteca de São Paulo e da Etec de Artes, na zona norte da capital paulista. Na programação do dia 24/01, às 15h na Grande Lona, terá o Dudu do Circo com a Pequena Trupe de Circo Nomono e a Palhaça Tunina em Equilíbrios de Bananas. E no dia 26, às 11h30, o Circo Spadoni.

A programação completa está no site do projeto, gratuito

Evento terá narração de histórias, música, pintura corporal e brincadeiras para adultos e (MCI/Divulgação)

Mundurukando na cidade de SP

No Museu das Culturas Indígenas, a atividade “Outras tantas histórias indígenas”, com Daniel Munduruku, em 25/01, das 10h às 12h e das 15h às 17h, será um momento com vivências diversificadas, pensadas para famílias e crianças. Haverá contação de histórias com Daniel Munduruku, recuperando o trabalho realizado para “Crônicas de São Paulo”, livro de sua autoria publicado em 2004 no qual narra as andanças pelos espaços urbanos apontando os termos indígenas que ainda nomeiam a cidade. Música, pintura corporal e brincadeiras com os Mestres de Saberes Indígenas do MCI também farão parte das atividades.

Mais informações no site do museu,  grátis às quintas e no dia 25/01

Jogos, brincadeiras e oficinas, proporcionando, aos pequenos e à família, o contato com a história, os sabores, os aromas e a cultura desse produto (Alana Pires/Divulgação)

Experiências com o grão do café

Até 29 de janeiro, o Museu do Café, em Santos, está com o tradicional Espaço Café com Leite, que funciona de quarta a domingo, das 11h às 17h. Nele, as crianças, acompanhadas de um responsável, aproveitam brinquedos educativos, cama elástica, livros, entre outras atrações. O destaque do ambiente lúdico fica com o “Cafezalzinho”, no qual aprendem diferentes processos relacionados ao grão, da plantação até o preparo.

De terça a sábado, das 9h às 18h. Domingo, das 10h às 18h, bilheteria até as 17h, mais informações no site do museu,  grátis ao sábado

Jogos, brincadeiras e oficinas, proporcionando, aos pequenos e à família, o contato com a história, os sabores, os aromas e a cultura desse produto (Gabriel Melhado/Divulgação)

Esculturas Lúdicas

No Museu da Casa Brasileira, é possível prestigiar a exposição Esculturas Lúdicas, de Sara Rosenberg. Construídas em fibras de vidro, as esculturas são feitas para serem usadas igualmente por crianças com ou sem necessidades especiais. Como elas só se completam no movimento dos corpos sobre e através delas, estão disponíveis para – mais do que o toque – o livre uso, disponível até 26/03. Além, das exposições: 35 Prêmio Design MCB, Remanescentes da Mata Atlântica & Acervo MCB e a mostra que conta a história do imóvel que estava instalado o Museu e foi construído entre 1942 e 1945, A Casa e a Cidade – Coleção Crespi Prado.

De terça a domingo, das 10h às 18h (de terça a domingo), das 10h às 22h (sexta), mais informações no site do museu, grátis às sextas

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Play: Pelé, quem faltou e o fim dos extremos

PLAY: Pedro Sirotsky e mais um sonho a caminho

Um canto pela paz: músicos russos e ucranianos tocam juntos em SC


source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários