Botafogo faz 4 x 0 no Boavista e encaminha título da Taça Rio

O Botafogo deixou bem encaminhado o título da Taça Rio. Nesta quarta-feira (27/3), no estádio Bacaxá, em Saquarema, o time de General Severiano contou com mais uma boa atuação da dupla Tiquinho Soares e Júnior Santos para golear o Boavista por 4 x 0, no jogo de ida da final. O centroavante marcou duas vezes, com duas assistências de Júnior Santos, que também balançou as redes.

Com o resultado, o Botafogo pode até perder por três gols de diferença, que fica com a taça. O segundo jogo acontece no domingo, às 18h30, no Engenhão. Apesar de ser considerado um “título de consolação”, a Taça Rio ganhou importância para o Botafogo, uma vez que dá uma vaga direta para a Copa do Brasil de 2025.

Com muito mais qualidade, o Botafogo dominou praticamente o primeiro tempo inteiro. Com rápidas transições e explorando Júnior Santos, o time de General Severiano abriu o placar cedo, aos 15 minutos. O atacante recebeu na área, fintou a marcação e serviu Tiquinho Soares, que bateu rasteiro para marcar.

O Botafogo chegou a ampliar logo em seguida, com Júnior Santos, mas o gol foi anulado pelo VAR, que pegou impedimento do atacante na jogada. Diante de um rival seguro defensivamente, o Boavista não conseguia dar trabalho para Gatito Fernández, que foi um mero espectador em campo. No mais, o Botafogo seguiu empilhando chances, mas não conseguiu aumentar a vantagem antes do intervalo.

O panorama mudou na segunda etapa. Mais recuado, o Botafogo permitiu ao Boavista jogar e dar trabalho para Gatito, principalmente em jogadas de linha de fundo. A estratégia de chamar o adversário para o campo de defesa surtiu efeito e no contra-ataque, Tiquinho Soares ampliou. O goleiro lançou Júnior Santos, que disparou e só rolou para o camisa 9 finalizar para as redes, aos 25.

Com a vantagem, o Botafogo começou a pensar no jogo da volta para poupar alguns titulares. Quem seguiu em campo foi Júnior Santos, que deixou o dele na reta final. O camisa 11 recebeu novamente na direita, avançou sozinho e bateu cruzado, aos 43. Ainda deu tempo do jovem Yarlen balançar as redes. Logo depois, aos 45, a joia do Botafogo recebeu na área e bateu forte para liquidar de vez a vitória.

FICHA TÉCNICA

BOAVISTA 0 X 4 BOTAFOGO

BOAVISTA – André Luiz; Sheldon, Gabriel Almeida e Pablo Maldini; Mateus Ludke (Abner Vinicius); William Oliveira, Ryan Guilherme, Crystopher e Alyson; Jeffinho (Erick Flores) e Matheus Lucas (Gabriel Conceição) . Técnico: José Quadros.

BOTAFOGO – Gatito Fernández; Damián Suárez (Rafael), Lucas Halter, Alexander Barboza e Marçal (Hugo); Gregore, Kauê (Breno), Marlon Freitas e Raí (Yarlen); Júnior Santos e Tiquinho Soares (Janderson). Técnico: Fábio Mathias (interino).

GOLS – Tiquinho Soares, aos 15 minutos do primeiro tempo. Tiquinho Soares, aos 25, Júnior Santos, aos 43, e Yarlen, aos 45 do segundo.

CARTÕES AMARELOS – Pablo Maldini e Erick Flores (Boavista); Alexander Barboza, Tiquinho Soares e Raí (Botafogo).

ÁRBITRO – Alexandre Vargas Tavares de Jesus.

RENDA E PÚBLICO – Não divulgados.

LOCAL – Estádio Elcyr Resende de Mendonça (Bacaxá), em Saquarema (RJ).

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.