Beyoncé diz que queria criar sons humanos e puros no álbum ‘COWBOY CARTER’: “As melhores músicas que eu já fiz”

Beyoncé lançou nesta sexta-feira (29) o aguardado álbum ‘COWBOY CARTER'. Apesar de enraizado no country, o disco explora diversos gêneros e é descrito como ‘uma homenagem ao passado, homenageando os pioneiros musicais do Country, Rock, Clássica e Ópera'. “A alegria de criar música é que não existem regras”, diz Beyoncé. “Quanto mais vejo o evoluindo, mais sinto uma conexão mais profunda com a pureza. Com inteligência artificial e filtros e programação digitais, queria voltar aos instrumentos reais e usei instrumentos muito antigos“.

Com 27 faixas, ‘COWBOY CARTER' é o álbum de estúdio mais longo de Beyoncé. A artista considera esse como seu melhor projeto até hoje. “Não queria algumas camadas de instrumentos como cordas, especialmente guitarras, e órgãos perfeitamente afinados. Mantive algumas músicas cruas e me inclinei para o folk. Todos os sons eram tão orgânicos e humanos, coisas cotidianas como o vento, estalos e até o som de pássaros e galinhas, o sons da natureza“.

Como produtora, Beyoncé explora e experimenta mudanças de acordes e tonalidades, misturando gêneros sem esforço, dobrando e misturando o inesperado para quebrar todas as barreiras de confinamento musical. “Meu processo é que normalmente tenho que experimentar”, diz ela. “Gosto de estar aberto para ter a liberdade de revelar todos os aspectos das coisas que amo e por isso trabalhei em muitas músicas. Gravei provavelmente 100 músicas. Feito isso, sou capaz de montar o quebra-cabeça e perceber as consistências e os temas comuns e, em seguida, criar um corpo sólido de trabalho.”

Notícias Recentes




Comments


source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.