As Marvels: Bob Iger, CEO da Disney, justifica fracasso em bilheterias de filme

Monica, Carol e Kamala em As Marvels
As Marvels (Reprodução: Disney)

As Marvels estreou há menos de um mês nos cinemas, e evidentemente, é um dos títulos com pior desempenho da Marvel Studios nos últimos anos. Provando estar a par da péssima repercussão da sequência de Capitã Marvel, Bob Iger, o CEO da Disney, “justifica” fracasso da produção, e aponta grande erro em franquia.

Trabalhando em mudanças internas quando se trata da parte criativa do estúdio, ao falar com NYT Dealbook Summit, o representante da gigante de Hollywood não se esquiva ao ser questionado sobre os números por trás de As Marvels, lamentando a péssima estreia do longa-metragem e mais.

“Este filme foi gravado durante a pandemia, e não houve supervisão suficiente no set [por parte dos executivos]”, disse o CEO, além de opinar que a Marvel Studios estaria pecando com a quantidade exacerbada de lançamentos, ao invés de prezar pela qualidade de seus projetos seguintes.

Em cartaz nos cinemas desde o início de novembro, atualmente, As Marvels se aproxima de US$ 190 milhões em arrecadação ao redor do globo. A direção do longa ficou por conta de Nia DaCosta, e o elenco liderado por Brie Larson como Carol Danvers, ainda é formado por Iman Vellani, Teyonah Parris, Samuel L. Jackson e Zawe Ashton.


source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.