Após casos de fraturas, 3ª montanha-russa mais rápida do mundo é fechada

Localizada na cidade de Fujiyoshida, na província de Yamanashi, a cerca de uma hora e meia do centro de Tóquio, o parque Fuji-Q Highland atrai os fãs de montanhas-russas, mas agora menos uma opção do brinquedo.

Quando foi inaugurada em 2001, a Do-Dodonpa do Fuji-Q era a montanha-russa mais rápida do , e mesmo hoje, a velocidade máxima do passeio de 180 quilômetros por hora a coloca em terceiro lugar. 

A Do-Dodonpa não atinge essa velocidade sendo lentamente puxada até o ponto mais alto da montanha-russa e depois caindo por uma ladeira, como muitos brinquedos do tipo. Em vez disso, logo no início do passeio, um sistema de lançamento de ar comprimido lança os carros da montanha-russa a 180 quilômetros por hora em apenas 1,56 segundos, o que faz com que seja a montanha-russa com a aceleração mais rápida do planeta.

O movimento radical pode trazer consequências. Entre dezembro de 2020 e agosto de 2021, cinco visitantes do Fuji-Q sofreram fraturas ósseas ao andar na montanha-russa. Eram lesões causadas por compressão do pescoço e coluna. Os indivíduos feridos tinham idades entre pelo menos 21 e 59 anos.

Ao invés de impacto, o problema parece ter sido as intensas forças gravitacionais que os passageiros experimentam no início do passeio. A sequência de lançamento da Do-Dodonpa sujeita o corpo a uma força semelhante à que os pilotos de caça têm que suportar ao fazerem lançamentos do convés de um porta-aviões – mas o fazem depois de treinamentos e preparações, algo que um visitante de um parque não tem.

À medida que os incidentes vieram à tona em 2021, e com parques temáticos em geral já em uma situação delicada à medida que os protocolos pandêmicos limitavam suas operações, a administração do Fuji-Q Highland suspendeu a operação da Do-Dodonpa enquanto procuravam uma solução de segurança. Mas, após dois anos e meio de investigação e deliberação, o parque decidiu que a Do-Dodonpa não pode operar, e o brinquedo será permanentemente fechado,

“Após discussões prolongadas com o fabricante, chegamos à conclusão de que seria [proibitivamente] difícil garantir uma operação segura que elimine completamente o risco de lesões aos passageiros”, disse o Fuji-Q Highland em um comunicado. 

“Para cumprir nossa obrigação social como parque temático e tornar a segurança nossa principal prioridade, tomamos a decisão de encerrar permanentemente a operação da Do-Dodonpa.” O parque se desculpou por não poder atender às esperanças daqueles que esperavam que a montanha-russa fosse reaberta, e também pediu desculpas a todos aqueles que sofreram lesões.

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários

.