Menu

Entretenimento

Adriano Castro, que compareceu aos atos terroristas, pede dinheiro para sobreviver fora do país

O ex-participante de reality show, Adriano Castro, voltou a compartilhar vídeos na web para comentar sobre seu atual estado.

Adriano Castro - Foto: Reprodução / Instagram
Adriano Castro – Foto: Reprodução / Instagram

Adriano Castro, artista plástico que participou da primeira edição do reality show “Big Brother Brasil”, voltou a usar as redes sociais para compartilhar um vídeo onde pede dinheiro aos seus seguidores para se manter fora do Brasil. O ex-BBB participou dos atos terroristas de bolsonaristas radicais em Brasília, no dia 8 de janeiro.

Aqui onde eu estou, eu dependo única e exclusivamente da sua boa vontade. E se você gosta do meu canal, se você gosta de mim e quer me ajudar a me manter aqui onde eu tô, eu conto com a sua colaboração, porque não tem outro meio de sobrevivência“, disse o famoso.

O artista plástico também comenta que seu canal no YouTube foi suspenso pela segunda vez e que, se sofrer o banimento mais um vez, a suspensão será permanente. Sua postagem foi feita pouco tempo depois dele revelar aos seguidores que está “em segurança” após fugir do país.

Adriano Castro incentivou bolsonaristas a invadirem o Congresso Nacional

O ex-BBB é um dos líderes do movimento que invadiu o Congresso Nacional. Em seu canal no YouTube, ele abriu uma live (transmissão ao vivo) para exibir a concentração antes do ato que causou quebra-quebra em Brasília. “Não era o que todo mundo queria que a gente fosse para o Congresso? Seu desejo está se realizando, estamos indo para o Congresso Nacional agora. Ninguém para mais a gente. Agora ninguém para mais, estamos ocupando duas faixas da pista”, comentou.

A transmissão durou mais de quatro horas. O famoso ainda disse claro que já estrava cansado de ficar esperando um milagre acontecer. “O povo cansou de ficar em porta de quartel, o povo honesto, trabalhador, cristão e de direita”, afirmou.

Lucas Rodrigues

source

Outras notícias

Saiba mais

Comentários